Cultura belga tem nova morada em Lisboa

A comida e a cerveja que se encontram no novo espaço da Mouraria, em Lisboa, são exclusivamente de inspiração belga, ou não fosse o seu nome Café Belga. Há batatas fritas, como não podia deixar de ser, moules e outras receitas como Boulet Liegeois e Carbonade Flamande.

Criado pelas mãos de Miguel Avelar, arquitecto especializado em restauro e recuperação de património, o novo estabelecimento pretende recriar com precisão o ambiente vivido nos cafés belgas. Segundo é explicado em comunicado, os cafés nada têm a ver com os bares, pubs ou restaurantes.

«Um café belga é um espaço onde a comida é muito boa, se bebe lindamente e o ambiente é extraordinário para o encontro de amigos e, sobretudo, para conhecer novas pessoas. Julgo que esta é mesmo uma das características culturais mais interessantes da Bélgica», explica Miguel Avelar.

A maioria dos produtos disponibilizados no Café Belga chega directamente da Bélgica. As receitas, por seu turno, vêm de Bali, na Indonésia, onde reside a tia belga do fundador do novo espaço.

Além de comida, no número 37 do Largo das Olaria é possível encontrar uma selecção de cervejas belgas, três delas de pressão e 10 em garrafa.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Patrões portugueses são os menos instruídos da Europa
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo