Vouchers a vida é bela recusados por atrasos em pagamentos

Os vouchers da empresa de experiências a vida é bela estão a ser recusados em restaurantes, hotéis e centros de beleza, por falta de pagamento, noticia o OJE, citando a agência Lusa. No entanto, a companhia não confirma este cenário, ainda que reconheça a existência de dificuldades, provocadas pela retracção do consumo.

Como informou a vida é bela à agência Lusa, os pagamentos aos parceiros “estão a ser feitos de forma contínua e estão, sem excepção, a ser resolvidos”. A companhia reforça ainda que o cenário se prende “com a actual situação económica em Portugal que deteriorou, em cascata, a cadeia de consumo”, adianta o OJE.

“Tal como a maioria das empresas nacionais”, continua a vida é bela, a empresa “está a adaptar-se ao decréscimo do mercado de consumo, ao dilatamento dos prazos de recebimento e às alterações da banca”. Ainda assim, adianta a companhia liderada por António Quina, o número de reclamações recebidas é residual. No caso de terem fundamento, “é política da marca encontrar sempre alternativas para o cliente ou, no limite, reembolsá-lo”.

Como completa aquela publicação económica, a Deco – Associação Portuguesa para a Defesa do Consumidor tem recebido queixas de clientes que se vêem impossibilitados de marcar experiências compradas à a vida é bela. Entre as empresas do segmento, a vida é bela é a “mais reclamada”, continua a Deco, tendo sido alvo de mais de meia centena de queixas, entre 2011 e 2012.

(Notícia em actualização)

 
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Patrões portugueses são os menos instruídos da Europa
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo