ViniPortugal apresentou o 1º Estudo do sector vitivinícola em Angola

image001A ViniPortugal divulgou o primeiro estudo sobre o mercado vitivinícola em Angola, conduzido pela empresa Brands Advance. De acordo com as conclusões, os vinhos portugueses dominam o mercado Angolano, com uma quota de 97% nos vinhos engarrafados, o equivalente à exportação de 455 mil hectolitros de vinho em 2009, o que rendeu 54 milhões de euros em valor.

Num sector amplamente dominado pela cerveja, o vinho ocupa 30% do mercado das bebidas alcoólicas de Angola. O vinho pré-embalado e a granel continua em grande expansão. Angola é o segundo maior mercado de vinhos em África depois da África do Sul, apesar disso, em 2009 verificou-se uma queda das exportações globais.

Estima-se que existam cerca de 3,5 milhões de consumidores de vinhos só na Grande Luanda, 60% dos quais são homens e 40% mulheres. Mais de 75% dos consumidores situam-se na faixa etária dos 30 aos 45 anos e são essencialmente da classe B e C.

Os vinhos de marca engarrafados têm uma elevada taxa de penetração no mercado angolano, 26% declaram beber regularmente vinho de marca engarrafado, tendo os consumidores masculinos e com mais de 29 anos mais propensão para esta categoria.

O estudo da Brands Advance, encomendado pela ViniPortugal revela que geralmente cerca de 46% dos consumidores compram o vinho em cantinas ou minimercados e 25% nas “vendas de janela aberta”, 10% em armazéns, 6% em vendedores de rua e 7% em mercados ao ar livre. 

Criada em 1997, a ViniPortugal é uma associação interprofissional que tem como objectivo a promoção dos vinhos, aguardentes e vinagres portugueses no mercado interno e em mercados internacionais definidos como alvo.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Pela primeira vez, há uma portuguesa a presidir a Multilaw
Automonitor
Via Verde Estacionar chega à Maia