Unicer e Serralves premeiam empreendedores

unicer-e-serralves-redimensionadaEstão abertas as candidaturas para a 4.ª edição do Prémio Nacional de Indústrias Criativas Super Bock/ Serralves. Este evento, promovido pela Unicer em parceria com a Fundação de Serralves, tem por objectivo apoiar e incentivar jovens empreendedores a transformar as suas ideias em negócios. A fase de candidaturas decorrerá até 6 de Maio. Ao autor da ideia vencedora será atribuído um prémio de 25 mil euros e a oportunidade de ver o seu projecto de negócio ser desenvolvido e concretizado.

Ao Prémio Nacional de Indústrias Criativas Super Bock/Serralves podem candidatar-se todos os cidadãos maiores de 18 anos, individuais ou em grupo, bem como pequenas e micro empresas em fase de expansão, com sede em território português. O modelo de negócio dos projectos deve assentar nos sectores associados ao conceito de indústrias criativas e devem ser aplicáveis a áreas como Ambiente, Cultura, Desporto, Educação, Solidariedade Social, Turismo e Lazer e Urbanismo.

O carácter inovador do projecto, a sua viabilidade económica e financeira, o nível de empregabilidade, o impacto do projecto na comunidade, a aposta na qualidade e na criatividade, o potencial de implementação no mercado nacional e internacional e o perfil empreendedor dos candidatos serão os critérios avaliados pelo júri do evento. Após a sua análise, outras ideias além da vencedora podem ser profissionalizadas, contando com o apoio dos parceiros associados à iniciativa.

Este ano, no que toca a parceiros, a rede mantém a colaboração entre o mundo empresarial, académico e criativo. A Universidade Católica do Porto/Escola das Artes junta-se, assim, à ANJE – Associação Nacional de Jovens Empresários, ao BPI, à ADI – Agência de Inovação, À ESAD – Escola Superior de Artes e Design, à Fundação da Juventude, ao IAPMEI – Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação, à Brand New Box e à Universidade do Porto.

As inscrições pode ser feitas na plataforma criada pela Unicer, dedicada ao sector das indústrias criativas.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Qual é, afinal, o papel do líder?
Automonitor
Maratonas condicionam trânsito em Lisboa (conheça as vias afetadas)