Rede social portuguesa promove o voluntariado

lancamentoMy Social Project é o nome de uma nova rede social, criada por dois jovens portugueses, que tem como objectivo reunir os interesses de voluntários, causas e empresas. O projecto foi ontem apresentado oficialmente na Fundação Calouste Gulbenkian.

A ideia do projecto nasceu há cerca de um ano entre dois amigos com experiência em voluntariado: Pedro Bártolo, 28 anos, licenciado em Engenharia, e Martim Vaz Pinto, 26 anos, licenciado em Economia.

Sob o lema “Aproximamos Pessoas”, o projecto pretende capitalizar “o sentido de solidariedade fora do comum e uma capacidade de mobilização ímpar” dos portugueses através das potencialidades das redes sociais na internet, explica Pedro Bártolo. «Não queremos substituir nenhuma plataforma ou ONG [Organização Não Governamental], mas juntar tudo numa rede social», reitera Martim Vaz Pinto.

Os três potenciais utilizadores da rede social “My Social project” (empresas, voluntários e causas) podem criar perfis personalizados com opções de privacidade, falar no chat interno, realizar pesquisas avançadas para toda a rede social e, ainda, partilhar experiências, testemunhos, vídeos e fotografias. Desta forma, a rede social “não se limita a uma montra onde causas, pessoas e empresas expõem os seus trabalhos sociais, mas é igualmente uma forma de contactarem entre si, agilizando a concretização de projectos sociais”, explica a organização em comunicado.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Qual é, afinal, o papel do líder?
Automonitor
Maratonas condicionam trânsito em Lisboa (conheça as vias afetadas)