Portugal é a 8ª marca país mais forte no turismo

portugal-bandeira_2De acordo com o estudo “Brand Finance Nation Brands”, divulgado pela Brand Finance, Portugal termina o ano no 51º lugar entre as marcas país mais valiosas, mas está em 8º no segmento de turismo, entre um universo de 120 nações analisadas.

Segundo o documento, Portugal foi, de resto, a quarta nação que mais cresceu em termos de valor de marca no segmento de turismo, apenas superada pelo Sri Lanka, Cambodja e Tailândia. Em termos absolutos, Portugal tem um brand strenght index (BSI), ou índice de força de marca, de 71 pontos, num segmento que é liderado pela Tailândia, com um BSI de 79. “A hospitalidade, o sol de inverno e as praias imaculadas” são, de acordo com a Brand Finance, alguns dos atributos que colocam a Tailândia no primeiro posto.

No ranking geral, Portugal surge no 51ª lugar, tendo registado uma subida de 15% do seu valor de marca e subido duas posições em relação ao ano passado. Este ranking é liderado, de longe, pelos Estados Unidos da América (EUA), seguidos pela China, Alemanha, Reino Unido, Japão, França, Canadá, Brasil, Índia e Austrália, que completam o top 10.

Os países que obtiveram uma maior evolução positiva no seu valor enquanto marca foram, mais uma vez, a Malásia (48%), o Sri Lanka (46%) e a Tailândia (43%). No extremo oposto, os países que mais perderam o seu valor de marca foram o Chipre (-38%), o Egipto (-38%) e a Grécia (-34%).

O ranking da Brand Finance baseia-se no brand strenght index (BSI), que é determinado em função de quatro indicadores (investimento directo estrangeiro, turismo, talento e bens e serviços), resultando um score (entre 1 e 100) para cada um deles. “Este score é, por sua vez, obtido analisando um conjunto de factores categorizados em inputs, brand equity e outputs, confrontados numa base relativa em relação aos outros países”, explica a Brand Finance em nota de imprensa.

Cada nação é ainda avaliada com um rating entre “AAA” e “DDD”, semelhante ao sistema utilizado pelas agências de notação financeira. Portugal registou um rating “A+”, contra a classificação “A” no ano passado.

 

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Portugal atraiu 610 estrangeiros «altamente qualificados» através deste programa
Automonitor
Regulamento da mobilidade elétrica obriga a celebrar contratos de adesão