Microsoft Portugal organiza workshop de CRM

microsoftDirigido a gestores de marketing e a responsáveis de negócio, o workshop “Do Conhecimento do Cliente ao Sucesso do Negócio” contou com 100 participantes e a intervenção de David Shell, marketing strategy & operation director da Microsoft EMEA, que voltou a sublinhar a importância da segmentação e customização através da utilização de ferramentas de CRM: «Nem todos os clientes têm o mesmo valor para uma empresa. Os esforços devem, por isso, estar alinhados e os investimentos canalizados para os segmentos que são mais “lucrativos”». Mas, para isso, a organização tem de estar orientada para o cliente, trabalhando de forma a antecipar as suas escolhas.

 

David Shell, marketing operations & strategy director da Microsoft para EMEA

Americano a viver em Paris, David Shell entrou para a Microsoft em Seattle, em 2002, depois de experiência anterior na My Points.com, em São Francisco, uma start-up no negócio da internet. Estudou na Universidade da Pensilvânia, onde se licenciou em Marketing e Ciência Política. Completou, depois, um master em marketing communications. Fascina-o a forma como a tecnologia está a modificar o panorama actual da actividade de marketing

 

7 IDEIAS DE DAVID SHELL SOBRE CRM PARA RECORDAR

 

1 Demore o tempo necessário

Se decidir implementar uma estratégia de CRM não tente fazê-lo em todas as áreas da empresa em simultâneo. Comece pela que tiver maiores hipóteses de sucesso e use-a como base para as restantes

 

2 Monitorize resultados

Analise os resultados passo-a-passo e identifique critérios para o sucesso

 

3 Não existe uma meta de chegada

O CRM está em constante evolução e por isso os vários objectivos que se vão atingindo ganham novos contornos face a um contexto em mudança. A estratégia deve, por isso, ser flexível

 

4 Software de CRM não é CRM

Quem pensa que pode adquirir uma aplicação de CRM sem pensar no que implica a sua implementação em termos de mudança organizacional ao nível de processos e de formação de colaboradores está errado. Tem de existir uma estratégia orientada para o cliente top-down na organização

5 Compreenda como os diferentes touchpoints impactam o cliente

Gira a forma como os clientes têm acesso à informação sobre a empresa. Identifique os fluxos de comunicação que podem e não podem ser controlados e integre-os na estratégia de CRM

 

6 Trate clientes diferentes de forma diferente

Segmente os seus clientes, perceba o que cada segmento precisa e vale. Os clientes gostam de ser tratados de forma personalizada

 

7 Não subestime a resistência à mudança

Os seres humanos têm diferentes valores e formas de trabalhar e aceitar a mudança, pelo que é fundamental ter isso em conta para implementar uma estratégia de CRM em qualquer organização

Por Catarina Alfaia e TitiAna Amorim Barroso

PARA LER NA ÍNTEGRA CONSULTE A EDIÇÃO IMPRESSA

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Human Resources ultrapassa marca dos 115 000 seguidores no LinkedIn
Automonitor
Vídeo: Mesa redonda da 2ª conferência do AUTOMONITOR