Lucros da EDP Renováveis crescem 26% no primeiro trimestre

EDP RenováveisA EDP Renováveis anunciou hoje que obteve um resultado líquido de 62,2 milhões de euros nos primeiros três meses do ano, o que representa um aumento de 26% em relação aos 49,2 milhões de euros acumulados no período homólogo.

Os lucros reflectem “maioritariamente o desempenho recorrente ao nível operacional”, segundo o comunicado enviado pela EDP Renováveis à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). Em comparação com o primeiro trimestre do ano passado, “os resultados abaixo do EBITDA beneficiaram da extensão da vida útil dos projectos para 25 anos, embora parcialmente mitigados pela introdução da contabilização de impostos diferidos nos EUA”, explica a empresa.

Entre Janeiro e Março, a EDP Renováveis aumentou a sua produção de electricidade em 18% face a igual período do ano passado para 5,2 TWh (terawatts/hora). A empresa beneficiou ainda de uma subida média de 4%, em termos homólogos, do preço de venda nos países onde actua para 60,1 euros por MWh (megawatts/hora), o que resulta de um crescimento médio de 9% dos preços na Europa e 5% no Brasil, contra a estabilidade de preços verificada nos Estados Unidos.

A subida do preço médio da electricidade permitiu que as receitas da empresa liderada por Manso Neto tenham crescido acima do ritmo de aumento da produção, alcançando uma subida de 22% para 346,2 milhões de euros. Do bolo total das receitas da EDP Renováveis, 200,6 milhões de euros provieram do mercado europeu, o que significa um aumento de 16% face ao período homólogo. Espanha rendeu 166 milhões de euros, e Portugal 33,7 milhões.

Quanto ao EBITDA (resultados antes de juros, impostos, amortizações e depreciações) progrediu 20% para 263,5 milhões de euros, “na sequência do aumento dos custos operacionais em 11% (abaixo do ritmo de crescimento operacional) e da queda de nove milhões de euros de outros proveitos operacionais”, adianta a empresa. Já o investimento situou-se em 55 milhões de euros.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Estes 10 benefícios vão ser os mais desejados pelos colaboradores em 2020
Automonitor
Os peculiares protótipos que a Daihatsu vai levar a Tóquio