Jovens portugueses (também) abandonam redes sociais

Redes Soc_2Mais de um em cada quatro utilizadores de redes sociais referem ter deixado de usar alguma rede social nos últimos 12 meses. Este é um dos resultados do estudo “Os Portugueses e as Redes Sociais”, realizado pelo Grupo Marktest. Este número sobe, no entanto, para 31% entre os jovens dos 15 aos 24 anos, grupo demográfico que se mostra mais aberto à mudança.

Entre os motivos para o abandono, a falta de interesse é o mais assinalado, referido por 29% dos que mudaram de rede no último ano. O ter passado a usar outra rede ou os amigos terem migrado para outra rede foram também motivos apontados.

O estudo da Marktest revela ainda que 95% dos utilizadores de redes sociais têm conta no facebook e que o smartphone é o segundo equipamento mais utilizado no acesso.

“Os Portugueses e as Redes Sociais” aprofunda também a relação que os internautas estabelecem com as marcas e as empresas presentes nestas plataformas e procura conhecer os hábitos dos utilizadores das redes sociais como os sites que conhecem e mais utilizam, as funcionalidades que mais valorizam e o tempo que lhes dedicam.

Para a realização do estudo foram seleccionados indivíduos entre os 15 e os 64 anos, residentes em Portugal Continental e utilizadores de redes sociais. Foram realizadas 820 entrevistas, numa amostra estratificada por região Marktest, de acordo com as variáveis género e idade, entre 26 de Setembro e 7 de Outubro.

 

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Esta ferramenta promete vir revolucionar a Segurança e Saúde no Trabalho
Automonitor
AUTOBEST 2020: Novo Opel Corsa é um dos finalista