Google lança serviço concorrente do Spotify

0404_FB_687_2A Google anunciou ontem durante a conferência para programadores I/O, em São Francisco, o lançamento do serviço de música em streaming Google Play Music All Access. Ao contrário do principal rival, o Spotify, que permite ouvir música de forma gratuita e ilimitada, com a passagem de anúncios entre as músicas, o All Acess apenas estará disponível mediante uma subscrição mensal de 9,99 dólares.

A mais recente novidade da Google, que nesta primeira fase apenas está disponível nos EUA, distingue-se ainda do serviço de música Google Play, lançado recentemente em Portugal, que permite a compra e o armazenamento online de músicas e álbuns – à semelhança do iTunes, da Apple.

O Google Play Music All Access permite aos utilizadores criar listas de música – disponíveis em 22 géneros, do Jazz à música Indie -, partilhar as playlists individuais, criar estações de rádio personalizadas ou descobrir músicas com base nas suas preferências pessoais. «Isto é a rádio sem regras», disse no arranque da conferência Chris Verga, da equipa Android, citado pelo Huffington Post.

Ao contrário do Spotify, o serviço da Google não poderá ser acedido a partir do desktop do utilizador nem terá uma aplicação para iOS, ficando restrito ao Android e à web. O serviço será alargado a outros países nos próximos meses, mas a Google não divulgou datas.

Naquele que é o evento mais importante da empresa, a Google anunciou ainda melhorias noutros serviços, como o Google Maps e a pesquisa por comandos de voz (em inglês), com o objectivo de melhorar a experiências dos utilizadores de tablets e smartphones Android, o sistema operativo da marca. A nova versão do Google Maps terá filtros para exibir mapas apenas com lugares que foram avaliados por pessoas conhecidas pelo utilizador, irá alterar os trajectos consoante a hora do dia e o tráfego e terá uma maior integração com serviços como o Google Earth ou o guia de locais Zagat.

A gigante tecnológica apresentou ainda a Hangouts, uma aplicação de conversação, que estará disponível para Android, iOS e também no browser do computador. A ferramenta permite enviar mensagens, partilhar fotografias e fazer videochamadas, rivalizando com serviços como o Skype, o Viber e o WhatsApp. «A tecnologia deve fazer o trabalho difícil, e as pessoas devem ocupar-se apenas com aquilo que as deixa felizes», disse Larry Page, CEO e co-fundador do Google.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Pedro Mota Soares assume liderança da Apritel
Automonitor
Novo Skoda Octavia chega dia 11 de novembro