Dioper aposta em perfumaria selectiva a preços low cost

A Dioper, empresa que actua no comércio de perfumarias, tem em curso a implementação da “Selectivo Low Cost”, uma estratégia que dá às marcas de perfumaria low cost mais espaço, visibilidade e stocks nos pontos de venda.

Num contexto de crise a empresa, sediada na Maia, tem vindo a ajustar o seu portefólio de marcas de perfumaria, com o objectivo de liderar o segmento inferior do mercado selectivo. Plano que tem procurado seguir, seja através da conquista de novas marcas ou pela redução de preços em marcas existentes, conseguida pela redução ou eliminação do budget de publicidade. United Colors of Benetton, Café Café, Salvador Dali, Sergio Tacchini e Ducati são as marcas que integram já o portefólio da Dioper.

De acordo com a estratégia da empresa, o posicionamento de preço de perfumes neste segmento deverá ser de um máximo de 20 euros, para perfumes com 30 ml; um máximo de 30 euros, para perfumes com 50 ml; e de um máximo de 40 euros, para perfumes com 100 ml.

A Dioper acredita que as perfumarias não se encontram ainda sensibilizadas para a alteração do mercado, em que os consumidores passam a procurar produtos a um preço mais acessível, tornando-se adeptos de marcas mais massificadas, em detrimento das selectivas. A empresa destaca mesmo em comunicado que “99% do espaço em loja é dedicado às principais marcas, que concorrem entre si”. Ainda assim, foram já 100 os pontos de venda que aderiram à estratégia “Selectivo Low Cost” da companhia.

“Basta afectar apenas um linear a estes produtos, bem posicionado na loja e com uma comunicação que informe rapidamente o consumidor”, assevera a Dioper. Esta maior exposição permite mesmo “libertar as funcionárias da loja para venderem as marcas mais selectivas que, naturalmente, devem ser a prioridade de qualquer perfumaria”, conclui.

 
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Outubro 2019
Automonitor
Já viu o novo ultracompacto 100% elétrico da Toyota?