Conteúdos digitais impulsionam vendas da Amazon

amazonA Amazon, maior retalhista online do mundo, reportou um lucro operacional de 181 milhões de dólares (cerca de 139 milhões de euros) no primeiro trimestre do ano. O resultado supera as expectativas médias dos analistas inquiridos pela agência Bloomberg, que apontavam para um lucro operacional de 96,8 milhões de dólares (74,3 milhões de euros).

Entre Janeiro e Março, a Amazon totalizou receitas de 16,1 mil milhões de dólares (12,3 mil milhões de euros), mais 22% em relação ao período homólogo do ano anterior. Este indicador ficou em linha com as previsões dos analistas ouvidos pela Bloomberg. A empresa liderada por Jeff Bezos registou uma margem bruta de 26,6%, que compara com a margem de 24% no mesmo período do ano passado.

No período em análise, os produtos vendidos por terceiros representaram 40% das vendas globais da Amazon, enquanto os conteúdos digitais cresceram a um ritmo «muito mais rápido» do que os produtos físicos, afirmou Thomas Szkutak, chief financial officer da empresa, em conferência de imprensa. Segundo o responsável, os 10 produtos mais vendidos pela empresa no primeiro trimestre são todos produtos digitais ou conteúdos virtuais relacionados com os tablets da marca (o Kindle) ou e-readers.

O resultado líquido da empresa caiu 37% para 82 milhões de dólares (63 milhões de euros).

Para o segundo trimestre do ano, a Amazon prevê um resultado operacional entre 340 milhões de dólares negativos e 10 milhões de dólares. As receitas devem fixar-se entre 14,5 e 16,2 mil milhões de dólares.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Qual é, afinal, o papel do líder?
Automonitor
Maratonas condicionam trânsito em Lisboa (conheça as vias afetadas)