Caixa com palco de stand up comedy no Alive

fotografia_2Depois do Sudoeste e do Rock in Rio, o Optimus Alive é a mais recente aposta da Caixa Geral de Depósitos no território da música. Um investimento que se traduzirá num novo palco – o sexto – de stand up comedy. Inserido num espaço de 900 m2 perto do rio, o “Jardim Caixa” funcionará como o palco daquele que se assume agora também como o banco oficial do festival.

Palco este que terá como curador o comediante Jel, sendo que o cartaz está ainda a ser fechado. Para já, e conforme adiantou Álvaro Covões, director-geral da Everythig is New, terão sido identificados três ou quatro humoristas britânicos (a pensar no público estrangeiro que frequenta o Optimus Alive). O novo palco acompanhará os horários dos restantes, já existentes, ajudando a que não haja de todo “tempos mortos no festival”.

CGDalive_-9_2Além deste espaço, o banco terá uma área exclusiva para convidados, à semelhança dos restantes patrocinadores, confirmou Francisco Viana, director de Comunicação e Marca da Caixa. Para o responsável, a música é «um território importante de activação da marca» e a presença no Optimus Alive ajudará a «mostrar que a Caixa está a mudar e que é capaz de ser jovem e moderna». Segundo frisou na apresentação à imprensa, esta manhã, «o “Jardim Caixa” é uma forma de mostrar às pessoas que a Caixa é uma marca que se reinventa, que está a mudar e que está e quer estar ao lado delas para dar a volta à situação em que vivemos».

Para Álvaro Covões, «é uma grande mais-valia para um festival urbano contar com uma área verde, mas mais importante ainda é a aposta em diferentes tipos de actividades para todo o tipo de públicos».

Texto de M.ª João Vieira Pinto

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Outubro 2019
Automonitor
Já viu o novo ultracompacto 100% elétrico da Toyota?