BES “encolhe” poupanças para níveis micro

Novos tempos pedem um novo poupar. Tomando a afirmação por ponto de partida, e perante o actual contexto macroeconómico, o Banco Espírito Santo (BES) lança hoje a campanha (ver vídeo em baixo) do produto de Micro Poupança, num reforço do seu posicionamento enquanto “Banco da Poupança”. Este produto, que tem por objectivo estimular hábitos de poupança por parte de grupos de potenciais aforradores que, tradicionalmente, não são alvo das ofertas de poupança dos bancos, e com um acentuado grau de exclusão financeira, está a ser comunicado em televisão, imprensa e internet, com assinatura da BBDO.

As soluções de Micro Poupança do BES marcam ainda uma nova fase de comunicação. «Se novos tempos pedem um novo poupar, também pedem um novo comunicar», afirmou Pedro Bidarra, director criativo da BBDO. A linha da campanha procura, desta forma, primar pela «frugalidade e maior aproximação às pessoas». Até porque o criativo acredita que, a prazo, as campanhas de tom aspiracional serão substituídas por uma comunicação «mais criativa, de proximidade».

A ferramenta de Micro Poupança permite que o cliente possa decidir pelo arredondamento dos débitos correspondentes às suas despesas quotidianas, revertendo o valor arrendondado para uma conta poupança à sua escolha. O modo de arredondamento, esse, é definido no início, em múltiplos de 1 euro, 2 euros, 5 euros ou 10 euros, indicando depois o cliente a conta para a qual quer “micro poupar”.

A par deste conceito, foi apresentado o de “Poupança de Impulso”. Esta solução permite constituir uma pequena poupança, até um montante máximo de 50 euros por operação, através de uma aplicação disponível para iPhone e Android. A flexibilidade das soluções surge reforçada com a ferramenta de internet banking, que agrega todos os movimentos de conta e de cartão de crédito numa lista única. Aqui, o cliente poderá controlar a evolução das suas receitas e despesas ao longo do ano, classificar a origem dos seus gastos, controlar os movimentos através de relatórios com informações de gestão de finanças e, entre outros, ter acesso a uma análise sistemática das suas tendências de consumo, para que possam ser identificadas as áreas onde é possível poupar, de acordo com o perfil financeiro de cada um.

Na web, tanto nas redes sociais como em b-a-bes, uma página criada e desenvolvida pela Proximity_Digital, são explicados conceitos de literacia financeira, no sentido de promover uma maior aproximação do banco aos seus clientes.

«100 mil clientes, no espaço de um ano» é quanto o banco espera conquistar com estes produtos, afirmou à Marketeer Joaquim Goes, administrador executivo do Banco Espírito Santo.

Veja o vídeo promocional do BES

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Apresentações estratégicas dão mote a nova academia em Lisboa
Automonitor
Hyundai NEXO: 6 coisas que precisa saber