Amazon, Google e eBay crescem apesar da crise enquanto que Yahoo fica atrás

tecnoA crise económica não travou o crescimento da internet. Muito pelo contrário. As gigantes da web têm denunciado um crescimento imparável desde 2008, quase alheias a qualquer tipo de recessão ou abrandamento da economia mundial. Senão, repare-se: as tecnológicas americanas Amazon, Google, eBay e Yahoo registaram receitas superiores a 102 mil milhões de dólares (cerca de 77 mil milhões de euros) em 2011, um crescimento de 102% quando comparado com o exercício de 2007, que antecedeu o agravamento da crise.

Neste período de tempo, os lucros líquidos também não ficaram para trás. Como salienta o Cinco Días, as quatro empresas de internet registaram no ano passado um lucro conjunto de 14.097 milhões de dólares (cerca de 10.713 milhões de euros), mais 147% do que o valor alcançado em 2007. As principais protagonistas deste crescimento foram, ainda assim, a Amazon e a Google. A gigante de comércio electrónico atingiu, no ano passado, um volume de negócios de 48.080 milhões de dólares (36.539 milhões de euros), valor que ultrapassa largamente os 14.840 milhões de dólares (11.278 milhões de euros) de 2007. Resultados que permitem comprovar que há cada vez mais consumidores que optam pela internet na hora de fazer as suas compras.

Também a Google gozou de crescimento em período de crise. Enquanto que, em 2007, as suas receitas rondavam os 16.593 milhões de dólares (12.608 milhões de euros), em 2011 chegaram aos 37.905 milhões de dólares (28.803 milhões de euros), ou seja, mais 128%. Os resultados da empresa acabam por dar conta da consolidação de actividades como a publicidade na internet, em contexto de crise económica. No que toca a lucros, o crescimento é semelhante. Em 2011 a Google registou lucros de 9.737 milhões de dólares (7.397 milhões de euros), ao passo que em 2007 foram registados 4.203 milhões de dólares (cerca 3.193 milhões de euros).

O eBay também tem dado cartas na consolidação. Em 2011 a empresa registou um volume de negócios de 11.652 milhões de dólares (8.852 milhões de euros), quase mais 52% do que em 2007, quando este indicador se situou nos 7.670 milhões de dólares (aproximadamente 5.827 milhões de euros). O crescimento deveu-se, sobretudo, à consolidação das suas plataformas de comércio electrónico e ao desenvolvimento de negócios como a plataforma de pagamentos online PayPal, cada vez mais presente nas transacções na internet. Sem esquecer os lucros: se em 2007 o eBay registou lucros líquidos de 348 milhões de dólares (mais de 264 milhões de euros), em 2011 chegou aos 2.667 milhões de dólares (cerca de 2.027 milhões de euros).

A excepção à tendência de crescimento dos gigantes da internet foi a Yahoo. “Sacudida” por contínuas mudanças na sua direcção e estratégia, a empresa registou receitas de 4.985 milhões de dólares (3.790 milhões de euros) em 2011, enquanto que em 2007 este indicador se situava nos 6.959 milhões de dólares (5.292 milhões de euros).

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Page Assessment tem novo Executive manager
Automonitor
Conselhos para conduzir à chuva