REZA cria “Alma do Café” para a Nespresso

Alma do Café_REZA para Nespresso_2A propósito da celebração do 10.º aniversário do programa AAA Sustainable Quality, a Nespresso pediu ao fotojornalista REZA que retratasse todos aqueles que contribuem para a oferta do seu café. Até porque o programa traduz também uma década do compromisso assumido entre a Nespresso e os produtores, conforme frisa a marca.

Agora, e depois da inauguração da exposição em Paris, as fotografias de “Alma do Café” estarão em exposição digital nas 11 boutiques Nespresso em Portugal, assim como o livro estará disponível para consulta.

Durante uma viagem de quatro meses por países de origem do café, como a Colômbia, o Brasil, a Guatemala, a Etiópia e a Índia, REZA contactou presencialmente com o programa AAA Sustainable Quality da Nespresso. O resultado foi uma mão cheia de imagens, rostos, pormenores, momentos. «Espero que este testemunho fotográfico permita a cada pessoa ver as faces humanas das pessoas que diariamente contribuem para a produção de café que degustamos em casa», afirmou.

REZA é um fotógrafo premiado que testemunhou histórias humanas inéditas durante três décadas para as principais publicações internacionais. É fundador da AINA, organização sem fins lucrativos dedicada ao ensino e capacitação de crianças e mulheres, através do uso dos media, da comunicação e educação, que lhe valeu a distinção de “Chevalier de l’Ordre National du Mérite”.

Quanto ao programa AAA Sustainable Quality, foi desenvolvido em colaboração com a ONG internacional Rainforest Alliance. Lançado em 2003, tem como base o relacionamento directo com as comunidades agrícolas individuais e mais de 52 mil produtores. Ainda este ano, o projecto – que visa garantir a máxima qualidade e sustentabilidade à cadeia de fornecimento de café e, em simultâneo, ajudar a melhorar o padrão de vida dos produtores e respectivas famílias – será estendido a alguns países de África.

68% do café verde Nespresso é proveniente das plantações com classificação AAA do programa, sendo objectivo aumentar para os 80% até ao final do ano. E, a prazo, chegar aos 100%.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Desafio Global reforça equipa
Automonitor
Produção de carros em Portugal cresce 10% em setembro