Missa do Gallo anima consoada dos portugueses

Dia 24 de Dezembro. Véspera de Natal. No intervalo dos programas informativos de prime time dos três canais generalistas portuguesas a receita será a mesma. Aliás, a mesma que é servida há 20 anos. O anúncio de Gallo, o mesmo que foi criado em 1995, pela extinta Abrinício, realizado por João Rapazote Fernandes e produzido pela Panorâmica 35. A Missa do Gallo volta aos écrans por uma noite com uma única inserção de dois minutos em cada um dos canais.

Pedro CruzPedro Cruz, que hoje é CEO de Gallo Worldwide, era à época da criação do filme Marketing manager da marca tendo estado, claro, envolvido em toda a produção. «Havia a proposta há algum tempo, mas não se enquadrava na lógica que a marca seguia naquela altura já que é uma campanha muito mais emocional do que de produto», recorda Pedro Cruz. Ainda assim a marca decidiu avançar: «Entendemos que por ser uma mensagem tão forte fazia sentido fazê-lo!» Aliás, a campanha era de tal forma diferente para a época que estreou não num intervalo publicitário, mas dentro do Jornal da Noite da SIC, tendo tido direito a tratamento diferente, recorda o actual CEO.

Ao longo dos últimos 20 anos a campanha tem acompanhado o Natal dos portugueses (com excepção de dois ou três anos que não esteve no ar) estando presente não apenas na noite da consoada, mas nas semanas anterior e posterior, celebrando o espírito da época. E os portugueses fora de Portugal não têm sido esquecidos com inserções também nos canais portugueses com presença internacional. «Devido ao seu carácter simbólico e emocional, de ligação à terra, tem um grande impacto em países como Brasil, França e Venezuela», acrescenta. No entanto, este ano, haverá apenas três inserções, uma por canal generalista.

Pedro Cruz explica que a repetição da campanha que já conta com 20 anos fazia sentido para passar a mensagem de uma marca quase centenária. «Independentemente da modernidade e inovação que Gallo tem trazido a Portugal e ao mundo, os nossos valores e raízes permanecem. As nossas raízes estão ligadas a Portugal», salienta. E vai mais longe: «Os portugueses têm uma ternura muito grande pelo Natal e pela ligação à Terra.» Daí que, apesar de um pouco datada, a marca queira fazer perdurar esta campanha enquanto «fizer sentido» em termos de mensagem.

Enquanto a noite da consoada não chega, reveja o filme Missa do Gallo

Texto de Maria João Lima

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Quer ser embaixador da Konica Minolta? E CEO por um dia?
Automonitor
Escapadinhas: Avis lança a campanha “Weekend XXL”