McDonald’s transforma fardas antigas em sacos solidários

O que fazer a fardas antigas? No caso da McDonald’s, a proposta passa por pegar nestes uniformes já sem utilização nos restaurantes e transformá-los em sacos para a Fundação Infantil Ronald McDonald. Nasce, assim, um projecto de economia circular sustentável, solidário e 100% português, que permite a doação de 5.500 sacos para os kits de Acolhimento de Higiene e Conforto que esta instituição entrega a famílias que acompanham crianças internadas, em sete hospitais em Portugal.

«Este projecto de reciclagem representa mais uma forma de concretizarmos o compromisso da marca com o ambiente e a sustentabilidade, encontrando cada vez mais soluções circulares, que respondam às preocupações das gerações de hoje e do futuro», comenta Inês Lima, directora-geral da McDonald’s Portugal.

Segundo a responsável, este projecto tem a Recutex e o HR Group como parceiros, empresas portuguesas que também «acreditam na inovação como alavanca para a mudança responsável».

As fardas da McDonald’s Portugal foram actualizadas em Junho deste ano, levando a marca a ter de encontrar uma solução para os antigo uniformes dos seus 9.500 colaboradores. A solução encontrada passa por converter o potencial resíduo têxtil num novo objecto útil, produzido a partir de matérias-primas 100% recicladas.

João Valério, administrador da Recutex, considera que «este projecto de transformação de fardas é um caso de sucesso». Em comunicado, afirma que «só assim, com este esforço conjunto 100% português, obtemos a possibilidade de reduzir a nossa pegada ecológica no mundo».

Já do lado do HR Group, o director-geral Fernando Mateus sublinha como após a produção das novas fardas surgia o desafio da reciclagem das fardas antigas, que também já tinham sido produzidas pela empresa. Desafio aceite com «entusiasmo e sentido de responsabilidade, tanto pelo cariz ambiental aqui reflectido, como pela vertente social, de contribuição para a Fundação Infantil Ronald McDonald».

Ler Mais



loading...
Artigos relacionados

Comentários estão fechados.