Expresso troca saco de plástico por papel

O jornal Expresso vai entrar em 2019 com uma atitude mais sustentável. A partir da edição de 5 de Janeiro, o saco de plástico que acompanha a publicação há 26 anos será substituído por um saco de papel.

Segundo o Expresso, a mudança é fruto de uma parceria com a The Navigator Company e tem em vista a sustentabilidade do planeta. Para divulgar a novidade, o jornal está a lançar uma campanha sob o mote “Há coisas que fazem mais sentido em papel”, através da qual também aproveita para sensibilizar os leitores para as vantagens que a utilização do papel tem para o meio ambiente.

Por ter origem em recursos naturais renováveis, o papel tem uma elevada taxa de reciclabilidade. Além disso, é biodegradável – ao contrário do plástico, o que significa que tanto o jornal como o próprio saco podem ganhar uma nova vida.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Isabel Barros distinguida com prémio «Excelência» na liderança. Foi a única portuguesa
Automonitor
Portugal a caminho de bater recorde de produção anual