Exportação de vinho para a China cresce 62% até Maio

Nos primeiros cinco meses do ano, a exportação de vinhos portugueses para a China aumentou em 62%, atingindo os 3,4 milhões de euros, o que confirma aquele mercado como «prioritário», adiantou hoje à Lusa uma técnica do sector, citada pelo OJE.

«A China já é o nosso quinto maior mercado fora da Europa, a seguir a Angola, EUA, Brasil e Canadá», destacou Filipa Anunciação, gestora da ViniPortugal, no âmbito de uma campanha de promoção por quatro cidades chinesas. Esta é, aliás, a segunda iniciativa do género realizada em 2012, e conta com a participação de 50 produtores portugueses e de cerca de 300 profissionais chineses.

De acordo com Filipa Anunciação, há um «crescente interesse por este mercado, que, além de uma grande dimensão, tem uma população que está a ganhar poder de compra e começa a aspirar a outro tipo de produtos». Os vinhos tinto e branco continuam a ser os mais apreciados mas, ainda assim, tem aumentado o interesse pelos rosés e espumantes, esclareceu a técnica.

Números daquela associação dão conta de que as exportações de vinhos portugueses para a China – excluindo os do Porto e Madeira – quase duplicaram em 2011, pelo segundo ano consecutivo, arrecadando 8,23 milhões de euros.

Como noticia o OJE, a campanha da ViniPortugal prossegue na quinta-feira em Xangai, e segue depois para Cantão e Hong Kong.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Page Assessment tem novo Executive manager
Automonitor
Conselhos para conduzir à chuva