Deliverect, uma referência na optimização da gestão de pedidos online

MARKETEER CONTENTS

A Deliverect nasceu como startup, em 2018, e tornou-se uma empresa unicórnio em apenas três anos, tendo, hoje, um valor de empresa de 1,4 mil milhões de dólares. Disponibiliza um SaaS, Software as Service, que facilita a gestão diária dos restaurantes que investem em delivery, permitindo que estes recebam automaticamente os pedidos das diferentes plataformas no seu POS e impressora de cozinha.
José Peres, Market Launcher da Deliverect em Portugal, conta-nos como a empresa tem vindo a crescer e como vai entrar no mercado português.

 

Que balanço faz dos primeiros anos de existência de Deliverect?
Em quatro anos deixámos de ser uma pequena empresa para nos tornarmos uma referência no mercado de hotelaria. Este caminho levou-nos a ser reconhecidos mundialmente e estamos, hoje, entre as 250 Top Fintech Companies, no Top 100 Cloud Companies da UE e recebemos o H&T Awards para a melhor solução inovadora para a restauração e indústria hoteleira.
Estamos muito orgulhosos de ter chegado aqui e de nos termos tornado um grande parceiro para restaurantes, em mais de 45 mercados e com mais de 30.000 clientes pelo mundo. A nossa solução tem mais de 300 integrações disponíveis, que incluem sistemas POS, plataformas de entrega, soluções de pedidos online, plataformas de logística de última milha e sistemas de gestão de stock.

Que ensinamentos obteve até agora?
Há dois anos, os negócios precisaram de adoptar novas formas de consumo, como o take away ou o delivery, para poderem manter-se abertos. Nessa altura, oferecemos uma solução para simplificar os processos de gestão de entrega, o que lhes permitiu operar eficientemente sem custos extra.
Desde então, a Deliverect tem crescido, contando com mais de 2.500 restaurantes na Península Ibérica, e tendo já processado mais de 17 milhões de pedidos. Temos uma posição de líder no mercado global e todos os dias a equipa de developers trabalha para antecipar as necessidades dos restaurantes para uma gestão eficiente das operações.
Quais os objectivos da Deliverect em Portugal e quais as previsões para 2023?
Desde que chegámos ao mercado ibérico, em 2020, temos aprendido muito. Vemos o mercado português como uma boa oportunidade para a proposta de valor da Deliverect e acreditamos que é o momento de apostar nele. O objectivo é ter 1.500 estabelecimentos até ao final de 2023.
Queremos que os restaurantes em Portugal beneficiem da tecnologia para optimizar as suas operações, melhorar o funcionamento diário do restaurante e ajudá-los a ter sucesso no seus negócios, razão pela qual já estamos a trabalhar com parceiros, como a ZoneSoft e a Stuart, para atingir as necessidades dos restaurantes que já apostam no delivery.
Actualmente, servimos mais de 150 estabelecimentos no país e estamos só em Lisboa, mas o objectivo é a cobertura nacional. O Guacamole, o A-100 e o On Spot são alguns dos nossos clientes.

Como é que a Deliverect pode ajudar os restaurantes?
Com este software, garantimos um melhor desempenho operacional e uma maior satisfação do cliente final. A nossa plataforma automatiza a gestão de todos os pedidos, garantindo uma redução real do tempo de entrega e do número de erros devido a operações manuais, o que se traduz numa melhor experiência para o cliente. Além disso, facilitamos a gestão centralizada de pedidos e menus online, e proporcionamos relatórios em tempo real, ajudando os clientes a optimizarem sua estratégia de vendas online.
Com produtos como o Dispatch também permitimos que os restaurantes sejam mais eficientes na entrega dos pedidos. Com a nossa tecnologia, os pedidos são atribuídos a diferentes plataformas de última milha, com base em diferentes parâmetros, tais como a entrega mais barata ou mais rápida (dependendo das necessidades e preferências do restaurante).

Quais os principais desafios para o futuro?
Um dos aspectos que irá evoluir ainda mais dentro do food service é o do imediatismo. O chamado Q-commerce é a próxima evolução no comércio electrónico e na entrega.
Neste sentido, o sector de Q-commerce deverá alcançar 200 mil milhões de dólares antes de 2025, dado o crescimento da tendência do consumo em casa. A casa tornou-se o centro das nossas vidas e o delivery evoluiu para se tornar uma ferramenta chave nesta realidade. Queremos que a nossa solução assegure que os clientes recebem os pedidos online a tempo e que os restaurantes têm a tecnologia para tornar este processo simples e eficiente.

Saber mais sobre a Deliverect 

Ler Mais



loading...
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...