Automóvel da Google conduz sozinho

google-logoA Google trabalhou em segredo, na Califórnia, ainda que à vista de todos os condutores, em veículos que podem circular sozinhos, utilizando um programa de inteligência artificial capaz de detectar qualquer coisa próxima do carro e imitar as decisões que poderiam ser tomadas por um condutor humano.

Com alguém ao volante para assumir o controlo caso algo corresse mal e um técnico para supervisionar o sistema de navegação, sete carros de teste percorreram 1.600km sem intervenção humana e mais de 225.000km só com controlo humano esporádico. Um dos carros foi conduzido sozinho por Lombard Street, em São Francisco, uma das ruas mais íngremes e com mais curvas dos Estados Unidos. Segundo os engenheiros do projecto, o único acidente deu-se quando um dos carros da Google sofreu um embate por trás quando estava parado num semáforo.

Apesar de faltarem ainda alguns anos até que os carros autónomos sejam produzidos em massa, peritos em tecnologia crêem que se poderão transformar a sociedade tão profundamente como o fez a internet. Este projecto foi idealizado por Sebastian Thrun, director do Laboratório de Inteligência Artificial de Stanford e co-inventor do Street View, o serviço cartográfico do Google.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
MultiOpticas continua a apostar no apoio a crianças e jovens em risco
Automonitor
Novo Renault Captur com classificação máxima no EuroNCAP