Antarte, uma marca inspiradora em Home Decor

MARKETEER CONTENTS

Cem por cento portuguesa e uma referência em mobiliário com design intemporal, a Antarte entra na sua terceira década de existência e afirma- -se mais do que nunca como marca com sólida identidade. À assinatura “Design For Life”, passou a acrescentar uma aposta de vulto na sustentabilidade. Num trajecto pautado pela excelência dos materiais e criações de mobiliário de elegância marcante, entendeu que fazia sentido apresentar ao mercado a sua ambição e lançou uma iniciativa inovadora no sector, em matéria de responsabilidade ambiental. Ou não estivessem as matérias-primas sustentáveis no ADN das criações de mobiliário da Antarte. Aliás, a madeira de criptoméria, proveniente de floresta de gestão sustentável dos Açores, é apenas um exemplo do trajecto da marca no domínio da sustentabilidade. Março, mês da árvore e da Primavera, foi considerado o momento ideal para a apresentação da iniciativa Love Nature, a qual se materializa na oferta, por parte da marca, de uma árvore nativa para plantar. Os membros que pretenderem aderir são convidados a tornar-se influenciadores “verdes” ao partilharem nas suas redes sociais uma foto, vídeo ou story da árvore plantada, como forma de sensibilizar e mobilizar outros a adoptarem o mesmo gesto.

A embaixadora da iniciativa Love Nature é a actriz Catarina Gouveia, uma das mais destacadas influenciadoras portuguesas na temática da sustentabilidade. Enquanto rosto da campanha de divulgação, plantou a primeira árvore da iniciativa e gravou o filme de divulgação da Love Nature. O primeiro objectivo declarado pela Antarte era a plantação de 2022 árvores nesta Primavera, o que acabou por ficar cumprido poucos dias após o arranque da Love Nature, a 20 de Março. Agora, a meta definida é a plantação de 50 mil árvores até 2025. Para destacar a importância deste gesto, no Antarte Center, o novo edifício-sede da Antarte, será criado um mural com placas com o nome e número dos membros da Love Nature, colocadas numa configuração que replica formas de árvores nativas. A inscrição como membro da iniciativa é feita em antarte.pt/love-nature.

AINDA MAIS PRÓXIMA DO CLIENTE

A dinâmica da marca passa por novidades constantes em home decor e Bilbao junta-se a outros nomes de cidades cosmopolitas, como Lisboa, Tokyo, Geneve, Veneza, Paris ou Londres, que dão nome e inspiram as linhas das colecções de mobiliário da Antarte. O design da colecção Bilbao é uma viagem aos sentidos e faz jus ao nome da capital do País Basco, cidade onde foi edificada uma obra de referência da arquitectura contemporânea, o Museu Guggenheim. Linhas depuradas e tonalidades suaves, corporizadas em madeira de carvalho e lacados, vão ao encontro das mais recentes tendências em decoração pensadas sob o signo da sustentabilidade e da criação de ambientes minimalistas. Esta linha apresenta-se com um conjunto de mais de 20 peças para salas de estar e de jantar com personalidade, entre aparadores, vitrines, mesas de refeição e cadeiras, mesas de apoio e de centro, sofás de dois e três lugares ou sofás com chaise longue.

Entretanto, a rede de lojas da marca continua a ampliar-se com a abertura de uma flagship store em Lisboa (Alfragide). O espaço com 2000 m2 junta-se às restantes lojas já existentes em Lisboa (Santos e Parque das Nações), Sintra, Seixal, Matosinhos, Braga, Guimarães, Aveiro, Coimbra, Feira e Vilamoura, num total de 14 pontos de venda. Todo este leque de novidades faz parte da estratégia da marca que, de acordo com Mário Rocha, CEO da Antarte, «aposta na proximidade com o cliente, percebendo o que procuram em home decor e criando uma oferta que os faça sentir cada vez mais próximos da marca e identificados com os seus valores. Reflexo dessa estratégia é a contínua ampliação da rede de retalho, o lançamento de novos produtos com foco no uso de matérias-primas sustentáveis e de iniciativas de responsabilidade social e ambiental».

E para reforçar o patamar de serviço premium, destaque para a oferta de projectos de decoração 3D, bem como a montagem e entrega gratuitas em Portugal continental.



Artigos relacionados
Comentários
A carregar...