Investir para colher resultados

A Sociedade da Água de Monchique tem vindo a orientar os seus esforços para a melhoria contínua da competitividade sustentada por clientes satisfeitos, colaboradores competentes, mobilizados e motivados, liderança efectiva e uma vontade de melhorar todos os factores que possam afectar a produtividade, a qualidade e a satisfação dos clientes. Vitor Hugo Gonçalves, CEO da empresa, garante que o ano 2020 será de relançamento da Água Monchique em virtude do investimento que estão a realizar na unidade de produção, de cerca de oito milhões de euros, bem como as inovações que serão lançadas no mercado e que vão permitir dar uma resposta mais adequada e ampla aos consumidores.

Quando e em que contexto surgiu a Água Monchique em Portugal?

A Água Monchique enquanto água de excelência já é conhecida e reconhecida há séculos, aliás os primeiros escritos sobre os benefícios terapêuticos da água remontam à época da ocupação romana, o que faz da nossa uma água milenar. Enquanto marca comercial, surgiu no início da década de 90 pela mão da Sociedade da Água de Monchique S.A., responsável pela sua captação, engarrafamento e comercialização. “Olhada” como um produto regional, a Água Monchique foi mantendo a sua presença no mercado sem grande relevância e expressão e sem explorar as suas características únicas e diferenciadoras: água hiperalcalina, com um pH 9,5 e um antioxidante natural com um ORP na fonte de -137mv, algo raro numa água 100% natural. Actualmente, é um dos principais players do mercado das águas minerais em Portugal.

Desde então, qual a sua evolução?

Em 2010, o Grupo Waterbunkers adquiriu a Sociedade da Água de Monchique, S.A. Em 2011 implementámos importantes certificações de qualidade e de segurança alimentar, tais como a ISO 9001 e 24000. Em 2014 iniciámos o processo de rebranding e de reposicionamento da marca Água Monchique, direccionando-a para o segmento da saúde e bem-estar. Este redireccionamento da comunicação foi crucial para o seu crescimento e afirmação, fundamentada nas suas características únicas, ímpares e diferenciadoras. Desde 2016 que somos considerados PME Líder e desde 2017 PME Excelência, o que atesta a solidez financeira do nosso projecto. Em 2018, integramos o Porto Protocol como membro co-fundador – movimento criado com o Climate Change Leadership, que desenvolve e cultiva de forma contínua e activa iniciativas ligadas à sustentabilidade e ecologia.

No entanto, durante este percurso, a maior evolução e mudança da empresa foi a forma como conseguimos envolver internamente os recursos humanos com a empresa e com o projecto Água Monchique. Esta mudança cultural suportada é a nossa grande conquista. Acreditamos que as empresas se fazem de pessoas e para as pessoas e quando estas trabalham com paixão rumo a um objectivo bem delineado, tudo fica mais fácil. Os resultados são consequência desta paixão e da envolvência de toda a Família Monchique que, dia após dia, trabalha para um objectivo comum que acreditamos que é oferecer aos consumidores um produto de qualidade.

Foi este conjunto de factores que nos permitiu, por exemplo, crescer entre 2015-2017 mais de 150% em valor e em quantidade de quota de mercado.

Que balanço da actividade em 2018?

2018 foi sobretudo um ano de continuidade do trabalho que temos vindo a desenvolver nos últimos anos e que a curto e médio prazo nos permitirá colocar a Água Monchique na liderança do mercado das águas. Fruto da estratégia definida, os nossos resultados têm vindo a crescer todos os anos. Grande parte da estratégia da marca tem sido focada em conseguir comunicar os benefícios do consumo regular da Água Monchique e que tem sido determinante para o aumento da procura. O crescimento foi exponencial e, em 2017, a empresa atingiu o seu limite de capacidade de produção. Não conseguimos dar resposta ao aumento da procura. A capacidade de produção instalada actual ronda os 70 milhões de litros. Em 2018, os números desceram ligeiramente devido à paragem forçada provocada pelos incêndios que assolaram Monchique no Verão, que nos obrigaram a parar durante mais de duas semanas, felizmente sem reflexo na qualidade da água.

Marcamos presença nos mercados internacionais de forma cirúrgica, sendo que a nossa capacidade limitada de produção foi também um entrave a uma maior afirmação internacional. O objectivo a curto-médio prazo é sermos líderes no mercado das águas em Portugal, pelo que é necessário que o crescimento esteja sustentado para alcançarmos o mesmo sucesso fora de portas.

A questão da sustentabilidade ambiental tem sido prioritária. E foi no âmbito do Porto Protocol que adoptámos um conjunto de boas práticas que envolveram trocas na frota de camiões, com ganhos enormes na redução do consumo de combustível e de emissão de CO2. Apostámos na aquisição de viaturas 100% eléctricas. Investimos na renovação da luminária da fábrica, trocámos os compressores, realizámos uma acção de reflorestação com a equipa numa das zonas afectadas pelos incêndios, entre outras iniciativas.

O que diferencia a Água Monchique?

Tudo. A nível do produto claramente distinguimo-nos pelas características ímpares da nossa água: uma água mineral 100% natural única, oriunda de um aquífero a 900 metros de profundidade nas Caldas de Monchique, hiperalcalina com pH 9,5, reconhecida pelos profissionais da área de saúde, nutrição e bem-estar. A forma próxima de comunicar com os consumidores, que nos permite explicar que a água não é toda igual e uma forma muito particular com que toda a equipa vê, pensa, sente e age distingue-nos dos demais.

Várias marcas de água apostam na diversificação do seu portefólio. Vão apostar nesta estratégia?

Já há muito que somos líderes nos sonhos e na forma de agir; temos uma visão muito clara do futuro e do caminho que pretendemos seguir. Tentamos pensar o mercado de forma diferente e ser diferentes. Por isso não queremos lançar no mercado o que já existe. Desde 2018 que estamos a trabalhar em vários projectos de R&D, cujos resultados iremos comunicar em breve. Estamos convictos que irão dinamizar o mercado das águas. 2020 será um ano interessante para a empresa.

Em que consiste a estratégia de comunicação da marca?

O objectivo principal da estratégia é informativo. Queremos fazer chegar aos con sumidores, de forma criativa e original, a mensagem dos benefícios para a saúde e para o bem-estar do consumo regular da Água Monchique. Temos utilizado um mix de ferramentas de comunicação, onde a associação a eventos da área da saúde assumiu desde logo, um papel de destaque; o B2C via redes sociais permitiu-nos uma ligação emocional entre consumidores e marca, a assessoria de imprensa, as relações públicas e o estabelecimento de parcerias com entidades desportivas, lifestyle, ambientais e culturais – em consonância com os princípios e com os valores da marca, sem entrar na massificação da comunicação, até porque queremos continuar a ser “um segredo de vitalidade”.

A responsabilidade social é também uma área a que dedicamos especial atenção e onde temos e estaremos particularmente “activos”.

Recentemente reforçámos a presença no futebol profissional através de uma parceria com o Boavista Futebol Clube e o Gil Vicente FC como água oficial do clube.

Têm marcado presença em eventos de forma a activar a marca?

Estamos constantemente a identificar eventos e iniciativas que partilhem dos mesmos princípios e do mesmo posicionamento da nossa marca, para nos associarmos e para interagirmos de uma forma mais próxima com os consumidores. Além da presença nas feiras do sector, estamos presentes em eventos de carácter lúdico e desportivo: andebol, futebol, triatlo, atletismo, trails, caminhadas solidárias, hóquei em patins, fotografia, música, ensino, colóquios, fóruns e iniciativas na área da saúde e bem-estar.

A nossa presença está centrada em dois objectivos: experimentação e informação. Dar a provar a água e informar os consumidores das suas características e dos benefícios que podem advir para a saúde e para o bem-estar e promover hábitos de vida saudável.

Têm comunicado nos canais digitais?

O digital é incontornável e é hoje a forma mais imediata e mais próxima de comunicar com os consumidores. A nossa comunidade “Monchique Lovers” gosta de estar informada sobre a marca, os seus valores, as suas preocupações. As redes sociais permitem-nos esta ligação próxima e imediata. Temos uma presença forte no Facebook, Instagram, Pinterest e estamos no LinkedIn. No início de 2020 lançaremos o website que conterá funcionalidades e novidades para os consumidores.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Automonitor
Produção de carros em outubro quase nos 15%