Vendas do El Corte Inglés batem recorde

As vendas do El Corte Inglés em Portugal ultrapassaram os 506 milhões de euros, no exercício fiscal findo em 28 de Fevereiro deste ano, batendo um novo recorde. Trata-se de um salto de 5,6% em relação ao ano anterior, segundo os mais recentes resultados apresentados pelos grandes armazéns.

O resultado líquido, por seu turno, cresceu para os 29 milhões de euros, o que representa mais 4,4 milhões do que em 2017. O EBITDA também regista um aumento de 12% para 57 milhões de euros. Por outro lado, os custos e as despesas de exploração fixaram-se nos 488 milhões de euros, mais 4,7% do que no exercício anterior.

“Estes resultados, que a empresa considera muito positivos, resultam de uma contínua e crescente aposta na modernização e melhoria dos espaços bem como do alargamento de serviços e oferta”, indica o El Corte Inglés. Destaque para a renovação e criação de marcas próprias em Moda Mulher, a consolidação da marca própria de casa e decoração Room e a aposta na restauração, nomeadamente através da abertura do Gourmet Experience na loja de Lisboa.

Os grandes armazéns atribuem o novo recorde também ao desenvolvimento dos conceitos de alimentação biológica com o Bio&Natural, ao reforço da omnicalidade através da sua plataforma digital e a serviços como Click&Car, Click&Collect e o novo Click&Express, entre outros.

No geral, o Grupo El Corte Inglés atingiu os 15,8 mil milhões de euros em volume de negócios, numa subida de apenas 1,1%. Já os lucros líquidos aumentaram 27,7%, chegando aos 258,2 milhões de euros.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Page Assessment tem novo Executive manager
Automonitor
Conselhos para conduzir à chuva