Lançada marca para recordar Eusébio

A associação ArtEusebioHeart apresentou ontem a marca Eusébio, um projecto digital que se inicia com a criação, implementação e gestão das redes sociais (Facebook e Instagram) do antigo jogador português. O objectivo do projecto é “manter viva a memória do jogador, evidenciando a sua generosidade, honestidade e desportivismo dentro e fora de campo, tornando-o embaixador do fair play desportivo na sociedade, em geral, e dos mais novos, em particular”, conforme explica a associação.

A página oficial de Eusébio da Silva Ferreira apresentará os momentos históricos da vida desportiva do antigo jogador e os prémios que ganhou ao longo da sua carreira, ao serviço do Sport Lisboa e Benfica e da Selecção Nacional. Será também, através de um acervo fotográfico histórico, uma janela para a sua vida privada e familiar, bem como para acções institucionais que realizou, dentro e fora do País. No total, foram catalogadas 841 imagens de Eusébio da Silva Ferreira, num trabalho assinado pela empresa Lisbon Project.

“Pretende-se eternizar a figura de Eusébio em Portugal e em todo o mundo, sempre tendo como objectivo prolongar a sua memória e os seus valores através de canais online, em plataformas transversais a toda a sociedade, mas com grande expressão junto das camadas mais jovens”, explica a ArtEusebioHeart.

Durante a apresentação da nova marca, que decorreu ontem ao final da tarde no IPDJ – Instituto Português do Desporto e da Juventude, em Lisboa, foi também apresentada a ArtEusebioHeart Photoboot, uma aplicação criada pela Lisbon Works onde os utilizadores poderão tirar fotografias ao lado do antigo jogador, com o intuito de criar um foto-mosaico de homenagem. “Neste mosaico todos os utilizadores colocam as suas selfies e podem encontrá-las mais tarde. Podem tirar selfies ilimitadas acompanhadas pela lenda, em épocas diferentes, através do login com a conta do Facebook, podendo também partilhar as selfies e utilizar as hastags da campanha”, explica a associação, liderada por Carla da Silva Ferreira, filha do ex-jogador.

Texto de Daniel Almeida

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
7 formas para se voltar a apaixonar pelo seu trabalho
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo