Super Bock apoia descentralização da música portuguesa

Há mais Portugal para lá da capital e a Super Bock sabe disso. A marca está a preparar mais uma edição de Super Nova, circuito que leva a música portuguesa a destinos como Faro ou Évora. Ao todo, são seis as cidades a receber concertos de bandas nacionais, num exercício de descentralização.

O Super Nova arranca a 14 de Setembro no Maus Hábitos, no Porto, seguindo depois para Sul. O circuito termina em Viseu, no dia 14 de Dezembro. O cartaz, por seu turno, é composto por First Breath After Coma, Lonz Dale’s Fantasy e Solar Corona, representantes de uma nova geração de músicos.

Os bilhetes para cada concerto custam 3 euros com a oferta de duas cervejas Super Bock. Excepção feito ao Maus Hábitos, onde a entrada é livre.

Já na sua sexta edição, o Super Nova é uma iniciativa promovida pela Super Bock em parceria com o Maus Hábitos e que reforça o compromisso da marca de cerveja com a música autêntica. “Destina-se a um público que acompanha as novas tendências e está atento ao que de melhor se faz na área em Portugal”, sublinha ainda a insígnia.

Desde a primeira edição, o Super Nova já deu palco a 33 bandas, ocupou 12 salas e promoveu mais de 90 concertos. Segundo a Super Bock, mais de 20 mil pessoas têm acompanhado o evento.

Programação 6.ª edição Super Nova:

Maus Hábitos – 14 de Setembro – Porto

Associação Recreativa e Cultural de Músicos – 19 de Outubro – Faro

She – 26 de Outubro – Évora

Gretua – 16 de Novembro – Aveiro

Salão Brazil – 30 de Novembro – Coimbra

Carmo 81 – 14 de Dezembro – Viseu

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Airbus vai ter open day. Há 90 vagas para fábrica portuguesa
Automonitor
Nissan LEAF em modo drift