Silly Season????

Ricardo Florêncio

Director Editorial Marketeer

Editorial publicado na edição de Agosto de 2015 da revista Marketeer

A “silly season” é uma expressão que adoptámos e que se refere ao período de férias mais generalizado, em que, regra geral, acredita-se que menos acontecimentos se dão, e assim, menos notícias importantes há a assinalar. Há muito que deixou de ser verdade absoluta, pois, hoje em dia, tudo acontece todos os dias, mas ainda existem muitos que acreditam na sua existência.

E assim, é muito curioso ver a dança das Marcas nesta altura do ano. Por um lado, há as Marcas que fazem literalmente uma pausa das suas actividades nesta altura do ano. Talvez motivado por uma possível menor vontade de aquisição imediata, há Marcas que minimizam, ou mesmo suspendem, os seus investimentos. Sem serem acções puramente comerciais, e de consumo e uso imediato, não entendo muito bem estas estratégias.
Outras há que reforçam a sua comunicação e a sua presença, nesta altura do ano. E não apenas as que têm um grande acréscimo de consumo no Verão. Há estudos que comprovam que, nesta altura do ano, as pessoas estão mais disponíveis para ir “bebendo” o que as Marcas querem passar, independente do momento do consumo ou aquisição.
E depois há um conjunto cada vez maior de Marcas, que, além de darem continuidade aos seus planos de comunicação, vão acompanhando os seus clientes, os seus stakeholders, dirigindo acções e activações nos locais de veraneio. Seja em acções locais, patrocínios de festivais e variados eventos de música, apoio a festas regionais, feiras, ou eventos desportivos, há uma vasta panóplia de situações, que as Marcas aproveitam para marcarem presença e dar continuidade ao seu trabalho de divulgação e comunicação. Estou convencido que este é claramente o caminho a percorrer, para se manter a Marca no “top of mind” dos seus consumidores e afins.
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...