Outubro 2021

Tema de Capa

As marcas do bullying

Portugal está no Top 15 dos países com índices mais altos de bullying na Europa e América do Norte. Mais de 70% dos estudantes foram vítimas de cyberbullying durante o segundo período de confinamento provocado pela pandemia, entre Janeiro e Abril deste ano. Em Portugal o tema ainda é tratado com “pinças”, mas já começa a haver campanhas pontuais e trabalhos mais alargados. A tentar ajudar a mudar mentalidades está a No Bully Portugal. Nas palavras da presidente da associação, Inês Andrade, já se fala muito sobre este tema na sociedade em geral, fazendo com que não seja tabu, mas “ainda há muita negação“ por parte das escolas. Fomos ainda perceber o porquê da associação da Head & Shoulders e da Staples ao tema e fizemos o levantamento de algumas das campanhas internacionais que procuram mudar atitudes. Há que lembrar que o bullying e o ciberbullying estão a impactar toda uma geração de consumidores.

Pessoas

«Não há uma técnica de marketing para construir a imagem de um país», entrevista a Simon Anholt, consultor político


Casos

Mainside: olhar para os edifícios com respeito

Quer criar música sem sair de casa?

Este azeite vai fazer bater o seu coração

O toque português que gera eficiência no retalho


Estratégias

Do rolo fotográfico ao cartão de memória

Gomas: manter fora do alcance das crianças!

A Primark cares?


Estudos

Marketeers estão mais confiantes no futuro


Comunicação

Pub à Lupa

Do aeroporto para o mundo da música (e não só)

A campanha da minha vida…


Lifestyle

Vilarinha + Mazda + Gadgets


Cadernos Especiais

Marcas + Cartões de Fidelização e Pagamento

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...