NetAudience começa a medir audiências no digital

Será já no mês de Julho que serão apresentados os primeiros dados públicos do NetAudience, novo sistema de medição de audiências e propriedades digitais desenvolvido pela Marktest. Trata-se, segundo explica o Sapo (que já integra o NetAudience), de um sistema “com ferramentas de ponta habilitadas a uma fidedigna representação do mercado digital no País” e que tem como principal objectivo a medição efectiva de pessoas (reach).

Segundo o site da Marktest, o NetAudience permite a medição de audiências de base híbrida combinando várias fontes de dados: NetScope (dados site-centric), Bareme Internet (estudo da população), NetPanel Meter e NetPanel Mega. Através da integração de todos estes dados é possível, segundo o site, a detecção de adulterações de tráfego, a conversão de cookies em pessoas e o processamento dos dados. Os resultados do NetAudience terão uma base mensal, perfis socio-demográficos e dados disponíveis para o mercado (editores, anunciantes e agências). No que às ferramentas de acesso ao NetAudience diz respeito, existem três possibilidades: exploração geral de dados (gExplorer), exploração especializada de dados (MMW crosstab) e planeamento de campanhas (MMW Planview).

O Sapo explica que a adesão ao NetAudience “representa a transparência que o Sapo defende na publicação de dados operacionais por uma entidade totalmente independente, responsável pela auditoria e a monitorização permanentes, assegurando a veracidade dos dados de utilização do seu ecossistema digital”.

Com o NetAudience, o Sapo acredita estar a contribui para “o desenvolvimento de um modelo credível que reforça qualitativamente a informação que anunciantes, agências e meios passam a ter relativamente às audiências do digital e reforça a sua posição de liderança como player digital local”. O NetAudience é, para o Sapo, mais uma etapa do seu compromisso para a rentabilização do digital em Portugal.

Ainda assim, o agregador de conteúdos locais e sales house refere manter-se atento e disponível “para promover estudos, metodologias e/ou plataformas que permitam um crescimento qualitativo do mercado publicitário e o endereçamento de questões tão relevantes como a transparente medição de audiências, a viewability ou o brand-safety”.

Até ao momento ainda não foi possível à Marketeer saber quais as outras empresas que estão já a ser medidas pelo NetAudience. Recorde-se que, no ano passado, depois de críticas quanto à desadequação de medição de tráfego por parte do Nestcope, foram várias as empresas de media que abandonaram as medições desse sistema da Marktest.

Texto de Maria João Lima

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Portugal atraiu 610 estrangeiros «altamente qualificados» através deste programa
Automonitor
Regulamento da mobilidade elétrica obriga a celebrar contratos de adesão