Refrigeração global

MARKETEER CONTENTS

Presente no dia-a-dia dos portugueses desde 1976, a Fricon está sediada em Vila do Conde, a partir de onde actua no sector do frio e se assume como um dos players mais relevantes dessa indústria. A Fricon posiciona-se como uma marca com vasta oferta de produtos de qualidade, com excelentes acabamentos e baixo consumo energético. A aposta da Fricon em áreas de actuação complementares abrange o sector doméstico de bebidas, de congelados e, de forma muito especializada, a produção de equipamentos para o “retail”.

Durante a primeira década de actividade, a Fricon trabalhou, fundamentalmente, o mercado doméstico, aproveitando as oportunidades de negócio qualificadas. A exportação foi sempre um objectivo, processo que viria a ser iniciado na década de 80. A consolidação internacional é demonstrada pela unidade industrial brasileira sediada no Recife, Brasil, desde 1996, e que emprega actualmente 800 colaboradores, bem como a abertura da delegação comercial em Madrid, que garante um incremento de oferta aos clientes espanhóis e permite também reforçar o apoio pós-venda.

Nos anos 90 já constavam, no seu portefólio de cliente, empresas como a Nestlé e Unilever, que permitia a exportação para diversos mercados em vários continentes. A partir do ano 2000, foi identificado um nicho de negócio que deu origem ao segmento de equipamentos para o retalho alimentar (grande distribuição), aquele que é hoje a principal área de negócio, que assumiu um papel fulcral nos negócios da empresa ao longo dos últimos 15 anos.

Em termos concretos, o Food Retail, mais especificamente a área de supermercados, ocupa 80% do volume de negócios da Fricon. «O posicionamento de parceiro confiável, na entrega da proposta de valor, mas também na procura de soluções, tem sido um vector importante na fidelização dos nossos clientes. Existe, em paralelo, um importante trabalho de prospecting e qualificação de novas oportunidades, que nos permite alargar a nossa carteira de clientes e chegar a novos mercados», refere Hércules Zurita, Business Development director da Fricon.

Assumindo-se com um dos maiores players no sector do frio, a Fricon assume a responsabilidade por centenas de milhares de conservadores para gelados da Olá (assim como para outras marcas do Grupo Unilever). Na lista de clientes está também o grupo Jerónimo Martins, Sonae, Carrefour, Cencosud, Wal-Mart, Intermarché, Danone, Coca-Cola, Schincariol, Itaipava, Unicer, Heineken, entre outros, que utilizam equipamentos Fricon para congelar, refrigerar e conservar os seus produtos.

Os seus equipamentos são exportados para cerca de 110 países (com perspectivas de chegar a 115), divididos por cinco continentes. Contando com mais de 1000 colaboradores no grupo, a Fricon fechou o ano de 2018 com um volume de negócios de aproximidamente 100 milhões de euros, 20% dos quais oriundos de Portugal e Espanha. Actualmente as linhas com maiores indicadores de inovação na Fricon são a linha de Food Retail. Para este ano, a Fricon pretende consolidar os investimentos que tem vindo a realizar e mostra-se confi ante de que irá conseguir registar um crescimento no mercado.

A par da evolução

Ditando as tendências de mercado, a Fricon alargou a sua área de negócios com a linha mobile, para proporcionar a refrigeração fora de portas. A Linha Mobile foi criada na sequência de um desafio da Unilever para o mercado do sudeste asiático. A empresa foi a concurso e desenvolveu uma linha que tem vindo a ser actualizada até aos dias de hoje, inclusive com o desenvolvimento de novos equipamentos para a solução de venda ambulante, com funcionamento manual e eléctrico.

Inicialmente concebida para o segmento de gelados, esta linha está actualmente direccionada para qualquer segmento de negócio, nomeadamente bebidas, saladas, frescos e até Pet Food. Estes equipamentos possuem um design vintage e uma autonomia superior a sete horas. Esta linha de produtos é direccionada às várias necessidades identificadas junto dos stakeholders da Fricon, nomeadamente na promoção e distribuição de gelados.

Para além de vários modelos, apresenta um conjunto de features exclusivas, entre as quais soluções de apoio e deslocação, recorrendo a electric powered systems, aumento da paleta de cores disponíveis e designs exclusivos e personalizáveis de modo a corresponder aos requisitos das marcas clientes. «Inovação e Futuro fazem parte do nosso ADN. Nas palavras do nosso fundador, o Sr. Artur Martins Azevedo: “O crescimento é o produto do Futuro, que nós somos capazes de prever.” Esse driver mantém-se até hoje e a Fricon investe todos os anos, nas três unidades produtivas, na actualização não só de processos, máquinas e linhas, mas também nos recursos técnicos, humanos e materiais», refere Isabel Azevedo, CEO da Fricon.

Investimento contínuo

Após ter realizado investimentos superiores a 1,5 milhões de euros entre 2013 e 2015, alocados a máquinas, equipamentos e desenvolvimentos próprios, a Fricon conseguiu dotar os seus equipamentos compressores de velocidade variável e motoventiladores de alta eficiência. Desta forma, foi possível maximizar a eficiência dos seus equipamentos de frio. A acompanhar estes avanços na inovação, que em muito resultam do trabalho desenvolvido no Centro de Investigação e Desenvolvimento que inaugurou em 2015, a Fricon continua a realizar novos investimentos na linha de produção.

O actual plano para o triénio, entre 2017 e 2020, engloba um total de investimento, que supera os 3,2 milhões de euros. A inovação tecnológica está nos alicerces da Fricon e a confi ança das grandes marcas de distribuição tem permitido avanços como a utilização dos gases ecológicos. A utilização destes no processo de fabrico dos seus equipamentos vai ao encontro do cumprimento das regulamentações, tornando-os amigos do ambiente.

A Fricon está certifi cada com a norma NP EN ISSO 9001:15, reforçando a sua política de elevados padrões de qualidade, para total satisfação e expectativas dos seus clientes. Ao nível de projectos especiais desenvolvidos neste âmbito, destacam-se os compressores de velocidade variável, permitindo uma redução do consumo energético; produtos com fluido frigorígeno amigo do ambiente, ao qual recorre desde a década de 90, posicionando-se na liderança europeia de aplicação de refrigerantes naturais.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Airbus vai ter open day. Há 90 vagas para fábrica portuguesa
Automonitor
Nissan LEAF em modo drift