Feira do Livro aposta na gastronomia e nas crianças

A Feira do Livro regressa já amanhã ao Parque Eduardo VII, em Lisboa, e vem acompanhada de várias novidades e também de um número recorde de participantes. A APEL, responsável pela organização do evento, explicou à Marketeer que «ao longo dos últimos cinco anos, a organização tem vindo a apostar na modernização da Feira», «seja através de novos pavilhões – que, pelas sua versatilidade asseguram uma melhor exposição dos livros –, da diversidade da programação ou da aposta na restauração, o objectivo é proporcionar aos visitantes uma experiência mais completa e agradável, fazendo da Feira do Livro um evento para toda a família».

Entre 28 de Maio e 14 de Junho, a Feira do Livro estará, então, de portas abertas para todos os que a queiram visitar e aproveitar não só para comprar livros mas também para assistir a conferências ou provar algumas das iguarias gastronómicos que estarão disponíveis no recinto.

Uma das novidades passa precisamente pela gastronomia. Pela primeira vez, o evento terá um palco para demonstrações de show cooking, onde serão apresentados livros de culinária e testados alguns dos pratos presentes nas compilações. A APEL conta que «o espaço dedicado ao show cooking nasce do interesse cada vez maior, por parte dos leitores e dos editores, na temática de Culinária e Gastronomia», sendo que, aqui, os autores poderão colocar à prova os seus livros e receitas, «num contacto directo com o público que poderá aproveitar o fórum para aprender dicas e truques».

Para além do novo palco, os visitantes poderão encontrar ainda 11 novos espaços gourmet ou de street food, num total de 30, espalhados pela feira.

A segunda novidade é dedicada aos mais novos. A iniciativa “Noites Happy Readers: Acampar com Histórias” vai permitir que 120 crianças possam passar a noite no recinto e participar em actividades criadas especialmente para eles com a colaboração de autores e actores.

O interesse pela iniciativa é tão grande que, ainda antes da Feira do Livro começar, as seis noites já estão esgotadas. A APEL afirma que «esta iniciativa em particular, atendendo ao facto de ser o primeiro ano que se realiza, é uma aposta ganha da Organização da Feira, das Bibliotecas de Lisboa e da McDonald’s, parceiros neste projecto».

As novidades continuam com a criação de um ciclo de conferências, a realizar-se todas as quintas-feiras, e que contará sempre com a presença de um orador internacional que deverá colocar em debate a perspectiva europeia da indústria do livro.

Para além desta iniciativa, a 85ª Feira do Livro vai contar também com o I Encontro Literário “Nós e os Livros”, a 10 de Junho, organizado em parceria com o Diário do Distrito e os blogues Os Livros Nossos e Crónica de Uma Leitora, e no qual os leitores poderão juntar-se para conversar sobre a ideia de livro tendo como mote diferentes painéis temáticos.

A vertente solidária também vai estar presente na feira através do movimento “Dê Nova Vida ao Livro” através do qual todos os visitantes poderão doar livros novos ou usados que serão, depois, entregues a instituições que façam parte da rede do Banco dos Bens Doados.

Texto de Filipa Almeida

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Qual é, afinal, o papel do líder?
Automonitor
Maratonas condicionam trânsito em Lisboa (conheça as vias afetadas)