Anselmo 1910: apostar na prata da casa

A Anselmo 1910 vê com bons olhos a evolução da joalharia nacional, que tem vindo a ganhar peso na sua oferta. A marca pretende também homenagear o passado do sector, tendo inaugurado este ano o Museu da Filigrana.

Texto de Daniel Almeida

Com uma história centenária, que começou em Torres Vedras mas conquistou dimensão nacional, a joalharia Anselmo 1910 tem acompanhado a evolução do mercado nacional, desde os tempos em que se vendiam peças de ouro a peso. Para Nuno Torres, CEO da Anselmo 1910, não há margem para dúvidas: a joalharia nacional está bem e recomenda-se, a reboque de uma nova geração de artesãos, que juntam à formação técnica uma vontade de conquistar o mundo.

Para ler o artigo na íntegra consulte a edição de Outubro de 2018 da revista Marketeer.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
A sua empresa pode fazer sorrir crianças hospitalizadas. Saiba como.
Automonitor
Novo Alpine A110S pronto para encomendar em Portugal