Vodafone presta homenagem aos heróis da linha da frente no combate à pandemia

Depois da Meo e da Nos, é a vez de a Vodafone dar a conhecer a sua campanha de Natal para este ano. A operadora de telecomunicações optou por homenagear os heróis da linha da frente no combate à pandemia de COVID-19 ao apresentar a história de uma profissional de saúde que embala a filha com a ajuda de um smartphone.

“É Natal sempre que damos aos outros o amor que temos pelos nossos” é o mote do trabalho publicitário que, de acordo com a Vodafone, é mesmo o mais aguardado do ano. A marca indica ainda, em comunicado, que este é o sexto ano consecutivo em que opta por abordar um tema estruturante da sociedade no período natalício. Já abordou, por exemplo, as celebrações de famílias com pais separados ou de idosos isolados.

Desta vez, a Vodafone pretende representar e reconhecer a actividade de quem troca a sua própria família para cuidar de outras famílias. Embora a personagem principal trabalhe em contexto hospitalar, a campanha visa também prestar tributo a profissionais de áreas como educação, comunicações, forças de segurança, bombeiros, transportes, comércio ou restauração.

«Já é uma tradição as nossas campanhas de Natal versarem sobre temas actuais da sociedade e, dado o elevado compromisso da Vodafone em contribuir para ajudar a minimizar os efeitos da pandemia, este ano fez-nos ainda mais sentido voltar a assumir a coragem de não ficarmos indiferentes ao que se passa à nossa volta e homenagear os heróis que todos os dias se apresentam na ‘linha da frente’», explica Leonor Dias, directora de Marca da Vodafone Portugal.

A responsável sublinha ainda que a mensagem que a marca pretende passar é de força e de ânimo. «Esperamos que os portugueses se identifiquem com o nosso filme de Natal para que juntos, com audácia, resiliência e determinação, ultrapassemos este período totalmente atípico nas nossas vidas», conclui.

A Wunderman Thompson Portugal assina a criatividade da campanha, ao passo que a Krypton Films é responsável pela produção. A realização é de Augusto Fraga e a direcção de fotografia de Ekkehart Pollack, a que se junta ainda o acompanhamento da Film Brokers. Quanto ao plano de meios, desenvolvido pela Carat, envolve televisão, exterior e plataformas digitais.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...