Uber corta no Marketing e despede 400 pessoas

Cerca de 400 pessoas da equipa de Marketing da Uber vão ficar sem emprego. A onda de despedimentos tem em vista a redução de custos e abrangerá perto de um terço da equipa, que até agora contava com aproximadamente 1200 colaboradores.

A notícia é avançada pela CNN, que dá conta de um email enviado por Dara Khosrowshahi. De acordo com o CEO da Uber, o corte faz parte de uma reestruturação alargada do departamento: «Não estamos a fazer estas mudanças porque o Marketing se tornou menos importante para a Uber. O exacto oposto é verdade. Estamos a fazer estas mudanças porque apresentar ao mundo uma visão poderosa, unificada e dinâmica nunca foi tão importante.»

A mesma publicação indica que a Uber está sob pressão no sentido de arrumar as suas finanças. Só nos primeiros três meses deste ano, a empresa perdeu 1,01 mil milhões de dólares (cerca de 906 milhões de euros). Além disso, o crescimento da receita do serviço de mobilidade cresceu apenas 9%, revelando sinais de abrandamento.

«Muitas das nossas equipas são demasiado grandes, o que cria trabalho duplicado, torna o processo de decisão pouco claro e pode levar a resultados medíocres», acrescenta Dara Khosrowshahi.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
A sua empresa pode fazer sorrir crianças hospitalizadas. Saiba como.
Automonitor
Já conhece os novos sinais de trânsito?