Turismo de Portugal desvenda plano para o futuro

No ano passado, registaram-se 20 milhões de chegadas a Portugal e uma taxa de sazonalidade de 36,5%. Para 2027, a ambição passa por aumentar as chegadas para 80 milhões e reduzir a sazonalidade para 33,5%.

O plano foi apontado na segunda edição da APODEMO Talks, onde Luís Araújo, presidente do Turismo de Portugal, afirmou que «o turista do futuro é informado e sem tempo a perder». Tendo isto em mente, uma das grandes aposta será no digital e em ferramentas baseadas em tecnologias como geolocalização, inteligência artificial, realidade aumentada e virtual e, ainda, blockchain.

No mesmo sentido, o Turismo de Portugal quer conhecer melhor os turistas, planear mais e reagir em tempo útil. No ano passado, foram desenvolvidas campanhas de storytelling com mais de 800 criatividades, vídeos, banners, conteúdos em redes sociais e 3500 textos, que permitiram alcançar 157 milhões de pessoas.

Dos planos faz parte também a abertura de delegações do Turismo de Portugal nos EUA e Japão já no próximo ano. Quanto ao aeroporto, Luís Araújo adianta apenas que acredita «que vai haver um novo aeroporto, no Montijo e em breve».

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Outubro 2019
Automonitor
Já viu o novo ultracompacto 100% elétrico da Toyota?