Toyota chama de volta 21 mil veículos em Portugal

A fabricante automóvel Toyota anunciou hoje que fará a recolha de 7,43 milhões de veículos à escala mundial, após ter detectado um potencial problema nos vidros eléctricos em quatro modelos da marca. Em Portugal, a Salvador Caetano, importador da Toyota, anunciou que procederá à recolha de 20.945 automóveis a partir do próximo mês.

A origem do problema está no interruptor principal que controla as janelas do lado motorista e dos passageiros, o que poderia levar ao mau funcionamento ou à inoperância dos vidros. No mercado português, os modelos em causa são o Yaris, o Corolla, o Auris e o RAV4, sendo que a medida abrange apenas os automóveis produzidos entre Setembro de 2006 e Dezembro de 2008, anunciou a Salvador Caetano, citada pelo Jornal de Negócios.

Já à escala global, são 14 os modelos afectados. Em comunicado, citado pela agência Bloomberg, a Toyota informa que dos 7,43 milhões de veículos (o equivalente a 93% das vendas consolidadas da empresa no ano passado) que serão recolhidos em todo o mundo, 2,47 milhões de unidades serão provenientes do mercado norte-americano, 1,4 milhões do chinês e 1,39 milhões do europeu.

A companhia clarificou, no entanto, que não recebeu quaisquer relatórios de acidentes relacionados com o problema eléctrico agora detectado.

Esta é «uma campanha preventiva, que não inclui qualquer questão que coloque em perigo a segurança dos veículos», afirmou fonte oficial da Salvador Caetano, citada pelo Jornal de Negócios. A mesma fonte esclarece que a revisão feita nos concessionários da Toyota «não demorará mais de uma hora», na qual será verificado o interruptor principal dos vidros eléctricos.

Os proprietários dos quatro modelos produzidos, entre Setembro de 2006 e Dezembro de 2008, serão contactados por carta registada a partir de Novembro.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Outubro 2019
Automonitor
Já viu o novo ultracompacto 100% elétrico da Toyota?