Tommy Hilfiger reforça na Europa

tommy_hilfiger_A celebrar 25 anos, a Tommy Hilfiger prepara-se para reforçar a sua presença no mercado europeu. Para o ano, as previsões apontam para a abertura de 25 grandes lojas da marca nas principais cidades. Em Lisboa, acaboude abrir no Centro Comercial Colombo.

Apresenta-se como marca aspiracional mas acessível. E como marca com propostas para diferentes consumidores, tendo em conta a abrangência das linhas. Um posicionamento que, segundo o próprio Tommy Hilfiger, é bem percebido pelos consumidores europeus que se destacam como sendo os mais relevantes para a marca. Na sua passagem por Lisboa, Tommy Hilfiger explicou à Marketeer o trabalho que tem vindo a desenvolver com a marca.

A Tommy Hilfiger está no seu 25.º aniversário. Quais as principais mudanças ao longo destes anos?

 

Há 25 anos, quando comecei, não havia o nível de concorrência que hoje existe. Hoje há um número muito maior de marcas que concorre por quota de mercado, através do preço, da publicidade ou acções diferenciadas de mar-keting. Há mais concorrência. Grandes lojas, marcas… É preciso trabalhar muito mais.

De que forma é que essas mudanças interferiram na marca?

Tenho tentado, sempre, estar um passo à frente do consumidor, do cliente, e nunca deixo de observar os concorrentes. Quanto melhor conhecer a concorrência, melhores resultados consigo para a minha marca.

Tenho que estar atento aos preços praticados, ao tipo de publicidade desenvolvida, às acções de marketing.

PARA LER O ARTIGO NA ÍNTEGRA CONSULTAR EDIÇÃO IMPRESSA Nº 174

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Page Assessment tem novo Executive manager
Automonitor
Conselhos para conduzir à chuva