Sodastream alerta para consequências do plástico

“O plástico está claramente a matar o planeta.” Quem o diz é a Sodastream, marca de máquinas de gaseificação de água que pretende reduzir a utilização de plástico no mundo com a substituição da água engarrafada por água preparada em casa e armazenada em garrafas reutilizáveis.

A declaração chega a propósito do Dia Internacional Sem Sacos de Plástico, celebrado hoje. Perante esta data, a Sodastream decidiu apelar, mais uma vez, a uma mudança no comportamento dos consumidores, enumerando alguns dados relativamente à forma como o plástico está a prejudicar do mundo.

A Sodastream alerta, por exemplo, para o facto de a duração média de vida de um saco de plástico ser de apenas 25 minutos, apesar de demorar entre 100 e 500 anos a desintegrar-se no meio ambiente. Além disso, um milhão de sacos de plástico são utilizados por minuto em todo o mundo e 80% do lixo marinho é composto por plástico, fazendo com que um milhão de aves e animais marinhos morram anualmente.

Só na Europa, alerta a marca, são produzidos todos os anos 25,8 milhões de toneladas de resíduos plásticos. A previsão para a próxima década aponta para que os oceanos cheguem a conter um quilograma de plástico por cada três de peixe.

Ao problema do excesso de produção acresce outro: na Europa, apenas 29,7% do plástico é reciclado, tornando vital a necessidade de educar para a pré-reciclagem. Isto significa que mais do que reciclar é preciso mudar o comportamento de modo que se diminua a utilização de plástico no quotidiano. Segundo a Sodastream, parte dessa mudança pode passar por recorrer às marcas da marca: em 2015, os consumidores de Sodastream, a nível global, ajudaram a poupar quatro mil milhões de garrafas de plástico e latas, garante em comunicado.

«É essencial a realização de iniciativas de sensibilização para reforçar a realidade. Os números são gritantes e espelham a urgência na mudança de comportamentos não só dos consumidores, mas essencialmente da indústria que teima em oferecer o seu produto em embalagens nocivas para o ambiente, como as garrafas de plástico”, resume João Castro, representante da Sodastream em Portugal.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Esta ferramenta promete vir revolucionar a Segurança e Saúde no Trabalho
Automonitor
AUTOBEST 2020: Novo Opel Corsa é um dos finalista