Sabe quais são as missões da Chanel e do McDonald’s?

As acções das marcas e as suas missões nem sempre parecem estar do mesmo lado. Se nas cartas de intenções, reforçam quase sempre a ideia de que querem contribuir para um mundo melhor, as suas decisões, na prática, não vão necessariamente ao encontro do prometido. A companhia de seguros Unum juntou as missões de 34 empresas para mostrar o lado mais inspirador das marcas.

A Amazon, por exemplo, acredita que o seu objectivo é “ser a empresa mais centrada no consumidor de todo o planeta Terra”, ao passo que a Chanel pretende ser o lar do luxo, “definindo as noções de estilo e desejo criativo, agora e sempre”. A Coca-Cola vai mais longe e afasta-se de missões ligadas exclusivamente aos seus produtos: “Refrescar a mente, o corpo e a mente do mundo. Inspirar momentos de optimismo e felicidade através das nossas marcas e acções. Criar valor e fazer a diferença.”

Já a missão do Facebook é dar às pessoas o poder para partilharem e tornarem o mundo mais aberto e ligado, um pouco como o eBay que pretende oferecer uma plataforma global de trocas onde “praticamente qualquer pessoa pode trocar praticamente qualquer coisa”.

O McDonald’s é mais modesto, uma vez que o seu objectivo é ser o local preferido dos consumidores para comer e beber. No mesmo ramo, a Starbucks não se quer ficar por aí, afirmando que a sua missão é inspirar e tratar o espírito humano “uma pessoa, uma caneca e um bairro de cada vez”.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Outubro 2019
Automonitor
Já viu o novo ultracompacto 100% elétrico da Toyota?