Programa Push4tourism vai acelerar startups na área do Turismo

Numa fase em que se espera uma retoma mais efectiva da actividade turística, nasce também o novo programa de aceleração de startups Push4tourism, que pretende estimular a inovação neste sector.

Este programa foi criado pela Gesentrepreneur, empresa dedicada à formação e educação de empreendedorismo, e conta com o apoio do Turismo de Portugal, estando enquadrado na iniciativa FIT 2.0 – Fostering Innovation in Tourism 2021/22. Segundo a Gesentrepreneur, o Push4tourism é dirigido aos empreendedores “já estabelecidos” no mercado e que pretendam “o apoio de uma equipa profissional que os capacite a conseguir chegar a uma fase de maior maturação e desenvolvimento”.

Apenas se poderão candidatar a este programa os negócios que tenham ligação ao sector do Turismo, um máximo de sete anos de actividade, um profissional a full-time afecto ao projecto e pelo menos um produto ou serviço com alguma tracção no mercado. O período de candidaturas está a decorrer até 31 de Março, sendo que os projectos serão seleccionados a 10 de Abril. Nesta fase, serão seleccionadas 20 startups para processo de aceleração, através de critérios como inovação, sustentabilidade ou escalabilidade.

Os projectos seleccionados poderão contar com o acompanhamento de “pushers” – “empresários que funcionam como verdadeiros Tinder offline para os negócios” – e de outros empreendedores e diferentes actores do ecossistema de negócios. Poderão ainda usufruir, durante seis meses, não só do “apoio proporcionado por mentores especializados no suporte à dinamização empresarial, mas também de parceiros locais (incubadoras, parques empresariais, centros de pesquisa e desenvolvimento, municípios, comunidades intermunicipais, entre outros), que possibilitarão aos participantes uma integração eficiente e eficaz junto dos respectivos ecossistemas de empreendedorismo regionais”, frisa a Gesentrepreneur.

Além do Turismo de Portugal, o Push4tourism conta com o apoio institucional da Portugal Ventures, Faculdade de Economia da Universidade do Algarve, CinTurs, Universidade Europeia, Católica & Consulted Linked, entre outros. No sector empresarial, tem como parceiros a Central de Cervejas, Grupo Olivier, Azai Consultores (Colômbia), Proa (Angola) e Fundo de Maneio (Açores).



Artigos relacionados
Comentários
A carregar...