Prémios Eficácia 2011 vão reconhecer agência “mais eficaz”

premios-eficacia_“Agências Mais Eficazes” é uma nova categoria dos Prémios Eficácia 2011 que «pretende reconhecer o trabalho de excelência das agências», como explicou Pedro Loureiro, director-geral do Grupo Consultores, que organiza a iniciativa em conjunto com a APAN. O Prémio Agências Mais Eficazes será atribuído de acordo com o número de Prémios Ouro, Prata e Bronze ganhos por uma agência, sendo também valorizado o facto de ser finalista.

Todas as campanhas criadas e/ou veiculadas em Portugal entre o dia 1 de Janeiro de 2010 e 31 de Maio de 2011 poderão, a partir de hoje, concorrer à sétima edição dos Prémios à Eficácia da Comunicação.  Na sétima edição dos Prémios Eficácia mantêm-se as 11 categorias estabelecidas no ano anterior: Alimentação e Bebidas; Saúde, Higiene e Beleza; Cuidado do Lar; Produtos de Consumo Duradouro; Telecomunicações e Media; Serviços Financeiros e Seguros; Distribuição e Restauração; Restantes Serviços e Administração Pública; Activação e Patrocínios; Comunicação Corporativa e B2B e Responsabilidade Social.

Cláudia Portugal (Prime Drinks) assume a presidência de um júri constituído por António Almeida (Nielsen), Francisco Velez Roxo (FCEEUCP), Joaquim Borges Martins (Henkel Ibérica Portugal) Jorge Teixeira (Excentric), Marco Nanita (Delta Cafés), Miguel Barros (Fuel), Pedro Loureiro (Mediagate), Rodrigo Silva Gomes (Normajean) e Rui Freire (Unicer).

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Portugal atraiu 610 estrangeiros «altamente qualificados» através deste programa
Automonitor
Regulamento da mobilidade elétrica obriga a celebrar contratos de adesão