Portugueses planeiam aumentar gastos online

Em Portugal, 96% dos compradores online tenciona continuar a fazer compras através de plataformas de comércio electrónico. Além disso, 27% prevê aumentar os seus gastos em compras deste tipo, ao longo dos próximos 12 meses.

Os dados são do estudo “Observador Cetelem eCommerce 2018”, segundo o qual “quem experimenta comprar online gosta e mantém o hábito”. Apenas 6% indica ter em mente diminuir os valores a despender na internet; 68% prevê manter os gastos.

Quanto aos factores que os consumidores consideram determinante na hora de comprar online, 83% aponta os preços baixos. A melhoria da segurança das transacções (35%), facilidade no processo de compra e pagamento (32%), confiança nos sites e nas empresas de comércio electrónico (22%) e melhor informação sobre os produtos (20%) são os restantes aspectos mais mencionados.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Isabel Barros distinguida com prémio «Excelência» na liderança. Foi a única portuguesa
Automonitor
Portugal a caminho de bater recorde de produção anual