Portugueses estimam gastar 712 euros nas férias

Os portugueses estimam gastar 712 euros do orçamento familiar nas férias deste Verão. Segundo um estudo do Instituto Português de Administração e Marketing (IPAM), este valor tem vindo a subir desde 2017, quando a previsão estava nos 700 euros.

O mesmo estudo indica que os cidadãos optam pela utilização do subsídio de férias para assegurar parte dos gastos nesta época: 54% utiliza parcialmente o seu subsídio neste sentido, face aos 49% verificados no ano passado. Além disso, cada vez mais as férias são decididas em função do preço e das promoções, com 27% dos inquiridos apontar estes factores como relevantes no momento de escolher o destino.

Praia é o destino tipo de férias mais valorizado pelos portugueses (52%) com perto de metade a privilegiar o Algarve (48%). Há ainda quem prefira viajar pela Europa. Este é, aliás, o principal destino para os inquiridos que decidem tirar férias fora do País: 34% versus 4% em África e 2% na América do Sul.

A maioria também opta por duas semanas de férias na época do Verão, incidindo especialmente no período de Julho a Setembro (85%). Quem não goza férias neste período alega motivos profissionais (55%) e a preferência por épocas do ano co menos movimento (45%).

Segundo o IPAM, a pesquisa online continua a ter um papel preponderante na procura do local, tipo de alojamento e viagem, com 67% dos inquiridos a optar por buscas na World Wide Web. Pesquisa feita, 73% decide sair do local habitual de residência, embora a maioria (61%) preveja dicar em Portugal.

O estudo foi realizado sob a coordenação da professora Mafalda Ferreira, coordenadora da Pós-Graduação Consumer Insights da instituição, e contou com a participação de 480 indivíduos maiores de 18 anos. A análise teve lugar entre os dias 10 e 23 deste mês.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Airbus vai ter open day. Há 90 vagas para fábrica portuguesa
Automonitor
Nissan LEAF em modo drift