Portugueses à procura de carro novo estão de olho nos eléctricos

Os condutores portugueses são dos mais positivos, na Europa, no que aos carros eléctricos diz respeito: 87% refere ter uma atitude muito positiva quanto à mudança para um veículo movido a energia eléctrica e 51% afirma mesmo pretender mudar para um eléctrico na compra do próximo automóvel.

De acordo com o “Mobility Monitor 2019”, os portugueses lideram o ranking de intenções de mudança para veículos eléctricos. O estudo da LeasePlan, elaborado em conjunto com a Ipsos, tem por base as respostas de mais de quatro mil pessoas de 16 países e visa abordar os grandes problemas enfrentados pelos condutores e pela indústria automóvel.

No geral, o estudo revela um aumento no optimismo face à condução eléctrica, com 61% dos inquiridos em todos os países a ver esta alternativa de forma favorável. Quase metade dos entrevistados disse que a sua opinião sobre a condução eléctrica melhorou favoravelmente nos últimos três anos.

Verifica-se ainda uma predilecção pelos veículos eléctricos também em termos de renting. O estudo indica que, entre os que planeiam fazer o renting de um carro nos próximos cinco anos, dois em cada cinco pretendem optar por um eléctrico. Olhando apenas para os portugueses, a percentagem é ainda superior (57%).

Quanto aos benefícios percepcionados pelos entrevistados, a vontade de contribuir para o combate às alterações climáticas fala mais alto. Seguem-se a possibilidade de melhorar a qualidade do ar e o custo operacional mais baixo.

Por outro lado, as preocupações relativamente às infra-estruturas parecem ser uma barreira efectiva à opção por veículos eléctricos: 51% do total de entrevistados que planeia comprar carro nos próximos 5 anos refere a insuficiente infra-estrutura de carregamento como um impedimento. 53% dos portugueses afirma o mesmo.

A autonomia também faz parte do top das preocupações, com 45% dos entrevistados a revelar que não mudaria para um eléctrico por este factor. No mesmo sentido, 67% dos portugueses apresenta o mesmo receio, a chamada “ansiedade de autonomia”.

«O nosso Mobility Monitor 2019 mostra que a procura pública por mobilidade de zero emissões ultrapassa em muito a infra-estrutura de Veículos Eléctricos disponível actualmente. Precisamos melhorar esta situação agora», sublinha Tex Gunning, CEO da LeasePlan. O responsável acrescenta que a Comissão Europeia, governos nacionais e autoridades locais devem trabalhar em conjunto e investir numa infra-estrutura de carregamento.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Automonitor
Via Verde Estacionar Lisboa com 1.º estacionamento gratuito