Netflix não teme concorrência da Disney e Apple

O mercado de serviços de streaming de vídeo está a crescer. A Netflix continua a ser uma das opções mais populares, mas já não concorre apenas com a Hulu, HBO Go ou Amazon Prime Video. Disney e Apple são dois grandes players que começam, agora, a dar cartas neste mundo, mas a Netflix não parece muito preocupada.

“Embora os novos concorrentes tenham grandes títulos (especialmente, títulos de catálogo), nenhum deles tem a variedade, diversidade e qualidade da nova programação original que estamos a produzir em todo o mundo”, afirma a Netflix numa carta aos accionistas. De acordo com o documento, reportado pela BBC, é mais provável que os novos serviços roubem audiências à televisão tradicional.

“Poderá haver um modesto vento adverso em direcção ao nosso crescimento no futuro próximo”, acrescenta a Netflix, sublinhando que, no longo prazo, a expectativa é de crescimento continuado dada a força do serviço e a oportunidade proporcionada por um mercado de grande dimensão.

Actualmente, o negócio da Netflix vale cerca de 125 mil milhões de dólares (112,4 mil milhões de euros). Nos últimos meses, conquistou mais 6,7 milhões de subscritores, aumentando para 153 milhões o número de subscritores a nível mundial.

A mais-valia da Netflix poderá estar mesmo nos conteúdos próprios, uma vez que alguns dos programas mais populares de outras produtoras estão a abandonar o serviço. É o caso de “Friends, de malas feitas para a HBO, “The Office” ou “Curb Your Enthusiasm”.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Automonitor
Via Verde Estacionar Lisboa com 1.º estacionamento gratuito