Nestlé paga 6 mil milhões para vender sob marca Starbucks

A Nestlé vai pagar 7,15 mil milhões de dólares (cerca de 6 mil milhões de euros) à Starbucks para poder vender café sob a marca da sereia verde, que tem vindo a conquistar consumidores em todo o mundo através das suas cafetarias. Os novos produtos da Nestlé deverão ser vendidos em supermercados, restaurantes e eventos de catering.

De acordo com a Bloomberg, a marca Starbucks será utilizada em cápsulas de café da Nespresso e Dolce Gusto já no próximo ano. No que diz respeito à produção, a Starbucks continuará a assegurar a América do Norte, ao passo que a Nestlé terá a seu cargo o resto do mundo. O acordo prevê também, além do valor inicial, o pagamento de royalties à Starbucks.

Jean-Philippe Bertschy, analista no Bank Vontobel, acredita que o investimento, apesar de parecer avultado, deverá ter retorno no prazo de três a quatro anos: «Permite à Nestlé ganhar escala nos EUA, um ponto fraco até agora», revela o profissional em declarações reportadas pela mesma agência noticiosa.

Além da marca Starbucks, a Nestlé adquiriu também os direitos para vender produtos embalados das sub-marcas Seattle’s Best Coffee, Starbucks VIA, Torrefazione Italia e Tevana. Por outro lado, exclui os produtos prontos a beber (como é o caso das bebidas Starbucks que encontramos já nos corredores de frios dos supermercados) e as vendas nas lojas Starbucks.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
Os horários de trabalho e as horas que trabalhamos!
Automonitor
Novo Jazz lidera eletrificação da Honda