Nancy Villanueva: «Agilidade é o factor comum em marcas cujo valor mais aumenta nas Best Global Brands»

Para uma marca ser verdadeiramente global, deve ter transcendido com sucesso as fronteiras geográficas e culturais, bem como expandir-se para os centros económicos do mundo e entrar nos principais mercados em desenvolvimento.

Texto de Maria João Lima

A consultora internacional Interbrand revelou, no Web Summit, em Lisboa, no início de Novembro, o ranking Best Global Brands 2022 e, pelo 10.º ano consecutivo, a Apple voltou a apresentar-se em primeiro lugar. Por sua vez, a Microsoft subiu à segunda posição, ocupando assim o lugar da Amazon, que desce para o fim do pódio. No Top 10 encontram-se ainda as marcas Google, Samsung, Toyota, Coca-Cola, Mercedes-Benz, Disney e Nike (a qual surge nos primeiros dez lugares pela primeira vez). De referir que o conjunto das 10 primeiras marcas deste ranking representa 53% do valor total das 100 insígnias que completam o top.

Para ler o artigo na íntegra consulte a edição de Novembro de 2022 da revista Marketeer.




loading...
Artigos relacionados

Comentários estão fechados.