Mercadona testa novo modelo de vendas online

Com a expansão de gigantes como a Amazon na Europa e, mais concretamente, em Espanha, os retalhistas estão empenhados em melhorar os seus serviços online. O El Corte Inglés quer garantir entregas de encomendas em apenas 30 minutos; o Mercadona está a testar um novo modelo de vendas online.

A rede espanhola de supermercados, que abrirá em breve o primeiro espaço em Portugal, investiu 12 milhões de euros na construção de um novo centro de distribuição pensado exclusivamente para responder a pedidos online. Fica no parque industrial de Vara de Quart de Valência e, para já, serve precisamente o centro desta cidade – o objectivo será expandir a novidade ao resto da cidade e arredores nos próximos meses.

Apelidado de Laboratório, o projecto-piloto inclui não só site e aplicações móveis novas como também serviços que visam melhorar a experiência do cliente. Em comunicado, a Mercadona destaca o veículo de três temperaturas, desenvolvido em parceria com a Subiela, que permite transportar produtos com especificações diferentes. O veículo conta, ainda, com um sistema de descarga mecanizada que promete minimizar a manipulação da carga e diminuir o tempo necessário para retirar os produtos.

«A Mercadona é nova no mundo digital e temos muito a aprender. No entanto, acreditamos que, com humildade e esforço e graças à forte estrutura da Mercadona, estamos numa boa posição para enfrentar o desafio das vendas online de alimentação», afirma Juana Roig, directora-geral do projecto online da Mercadona.

Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

Multipublicações

Human Resources
O impacto da Inteligência Emocional nas empresas
Automonitor
História: O dia em que o Papamóvel foi salvo