Marcas doam milhões para combater o COVID-19: da Netflix à Prada

A Kraft-Heinz anunciou que irá doar 12 milhões de dólares (cerca de 11,2 milhões de euros) a favor de comunidades afectadas pelo surto do novo coronavírus. Só nos Estados Unidos da América, está prevista a oferta de produtos no valor 4,7 milhões de dólares (4,4 milhões de euros), desde molho de tomate a macarrão ou refeições congeladas, à rede de bancos alimentares Feeding America. Juntam-se 1,6 milhões de dólares (1,5 milhões de euros) em dinheiro.

A KFC, por seu turno, juntou-se à organização sem fins lucrativos Blessing in a Backpack e prepara-se para doar 400 mil dólares (372 mil euros). A fundação do H&M Group segue as mesmas pisadas e dá conta de um donativo para o COVID-19 Solidarity Response Fund no valor de 500 mil dólares (cerca de 465 mil euros).

A esta lista juntam-se ainda marcas como a Under Armour, que doou um milhão de dólares (perto de 930 mil euros) à rede Feeding America, ou a Netflix, que criou um fundo de 100 milhões de dólares (93 milhões de euros). No último mês, o gigante de moda LVMH Group já se tinha comprometido a doar 2,2 milhões de dólares (aproximadamente dois milhões de euros) à Cruz Vermelha na China, ao passo que a Prada ofereceu seis unidades de cuidados intensivos a três hospitais em Milão, Itália.

A Fast Company sublinha que estes donativos não são exactamente acções de Marketing, mas a verdade é que contributos deste género ajudam na construção da marca e na percepção que os consumidores têm da mesma.

Em Portugal, também não faltam marcas e empresas a juntarem-se à luta contra o COVID-19, seja através da criação de novos serviços (especialmente na área de entregas ao domicílio) ou da disponibilização das suas instalações para a produção e processamento de desinfectante – como é o caso Science4you ou do Super Bock Group.

Somam-se ainda várias iniciativas e plataformas que visam a partilha de conteúdos online para entretenimento dos mais novos – como acontece com a McDonald’s ou a The Navigator Company – ou para aquisiçao de conhecimentos por parte dos adultos. Não faltam cursos, workshops e webinares gratuitos para que o tempo passado em casa possa ser o mais produtivo possível.

Ler Mais
pub


Artigos relacionados
Comentários
A carregar...